Abril 15, 2007

Fique de Olho — Informática

Publicidade

Convex – Banner de conteudo

Matéria publicada na edição 27 | Abril 2007 – ver na edição online

Investimento em tecnologia é primordial. Conheça o que o mercado oferece em termos de equipamentos e softwares de gestão e educativos.

 

EQUIPAMENTOS

Hoje, o computador é uma ferramenta de trabalho essencial para as escolas. É preciso investir em máquinas adequadas tanto para a parte administrativa do colégio como para as salas de informática utilizadas pelos alunos, mesmo porque os preços estão mais acessíveis, assim como as formas de pagamento.

Helena Ângelo, gerente comercial da Multi Supri Informática, há 14 anos no mercado, afirma que há opções de financiamento em até 24 meses através de financeira, ou em até três vezes sem juros pela loja. A empresa é especializada no atendimento a escolas, tanto na venda de equipamentos como na assistência técnica de qualquer computador. “A escola quer agilidade e qualidade no atendimento, além de um bom custo-benefício da máquina”, aponta. Helena explica que para salas de informática são utilizados micros com configuração básica para os alunos terem acesso à internet. “Se a escola optar, enviamos um técnico para ligar os micros em rede”, diz. A Multi Supri também trabalha com impressoras, monitores e no-breaks.

Ali Kaddourah, proprietário da Showtec, há sete anos atuando na área de equipamentos e suprimentos de informática, comenta que para as escolas são mais indicados micros de configuração básica e intermediária. Os básicos normalmente são utilizados nas salas de aula. “São micros Celeron ou Sempron com memória de 256 MB ou 512 MB”, diz Ali. Ele recomenda micros com configurações mais aprimoradas para quem trabalha com gráficos e imagens, para que o equipamento tenha mais velocidade. “Um micro intermediário seria um Pentium, com 512 MB ou 1 giga de memória e HD de 80”, aponta. A Showtec possui loja na região da Santa Ifigênia mas também visita as escolas para verificar a real necessidade da empresa. “Podemos montar um computador com que a configuração que a escola necessita”, conta Ali. A empresa dá garantia de um ano para os equipamentos, divide em até quatro parcelas sem juros e oferece planos de financiamento através de financeira. Presta assistência técnica e trabalha com cartuchos, impressoras, mouse, teclados, monitores, além de fornecer peças para upgrade de máquinas. “Dependendo da placa mãe, do processador e da memória que o computador possui, é possível melhorar seu desempenho e velocidade”, completa.

SOFTWARES DE GESTÃO

Para informatizar a escola, além dos equipamentos é preciso investir em sistemas que permitam o controle das áreas acadêmica e administrativo-financeira da instituição.

A Controller, no mercado desde 2000, produz exclusivamente soluções para gestão escolar. Os sócios da empresas eram professores e administradores escolares e notaram especialmente a demanda por gestão administrativo-financeira de universidades. “Depois ganhamos concorrência para a informatização de sistemas escolares de municípios e partimos para a gestão do sistema básico de ensino”, lembra Eduardo Andrade Bahiense, diretor executivo da Controller.

Eduardo explica que da Educação Infantil ao ensino superior, em instituições públicas ou privadas, o programa utilizado é o mesmo. “O programa se adapta à necessidade de cada instituição”, aponta. O produto, conforme o diretor da empresa, cobre todos os setores da escola. “O software está muito maduro. Dificilmente visitamos uma instituição de ensino que faça uma solicitação que o produto já não atinja”, conta. O software, denominado Controller, evoluiu para o Escola via net. “Até a metade do ano todos os nossos clientes terão migrado para o Escola via net”, acredita.

O grande destaque do software, informa, é a usabilidade. “Ele é construído de maneira agradável. É muito navegável, não é preciso ficar abrindo e fechando janelas o tempo todo. Aliado a isso, temos o acesso a internet. Desenvolvemos um navegador próprio que possui controles avançados de navegabilidade. Sua performance é muito rápida”, aponta. O sistema é modular, permitindo que a escola incremente cada vez mais seus processos. O professor tem seu módulo, onde pode fazer planilha de notas, registrar faltas dos alunos ou conteúdos das aulas, por exemplo. “A ferramenta foi desenvolvida para os professores e facilita muito o trabalho. Além disso, o software pode ser acessado onde o professor estiver”, arremata Eduardo.

Outra empresa que se dedica ao desenvolvimento de softwares para a gestão de escolas e faculdades é a AIX Sistemas, há mais de 16 anos no mercado. A partir de 2000, a empresa deu início à implantação de um sistema de gestão da qualidade baseado nas normas ISO-9001:2000. Vários processos foram reestruturados, conforme Reginaldo Rosa, gerente de marketing da AIX, inclusive com a criação de alguns novos setores. “Criamos o setor de gestão do relacionamento com clientes (GRC), que passou a ser o representante do cliente na AIX, encarregado de solucionar o mais breve possível qualquer insatisfação”, comenta. Segundo Reginaldo, o GRC tornou-se uma prática tão relevante que em 2006 recebeu o Prêmio Eco de responsabilidade social, promovido pela AMCHAM – Câmara Americana de Comércio –  na categoria relacionamento com clientes. Em 2006, o sistema de gestão obteve a certificação 9001:2000.

Todo esse processo, informa o gerente, representou para a AIX uma mudança de postura. “Passamos a conhecer mais o cliente e a identificar suas reais necessidades. Através de pesquisas de mercado realizadas pelo setor de marketing, foi identificado que uma parcela importante do mercado de educação, as escolas de pequeno porte, não tinha condições financeiras de adquirir um bom software de gestão, já que os produtos disponíveis no mercado não cabiam em seus orçamentos”, afirma. Dentro da nova filosofia da AIX, foi desenvolvido o Giz Smart, um sistema com as principais funcionalidades que pequenas e médias escolas necessitam e a um custo acessível. O Giz Smart realiza todo o processo de gerenciamento da tesouraria e do contas a pagar, permitindo que o gestor administre com facilidade seu fluxo de caixa. Também os processos acadêmicos são realizados de forma automática, reduzindo custos com mão-de-obra e suprimentos.  Atualmente, o Giz Smart passou a ser o carro-chefe da AIX. “São inúmeros os casos de instituições que relatam que necessitavam de um produto como esse e por questões de custos não podiam adquirir. A AIX espera em um prazo de um ano alcançar a marca de mil instituições utilizando o Giz Smart em todo o país”, completa Reginaldo.

Outro sistema desenvolvido especialmente para o gerenciamento das escolas é o Acadesc, da Fanny’s Informática. “O software foi desenvolvido há 12 anos, à luz das necessidades das escolas. Ele se adapta ao regimento escolar, já que cada instituição tem processos de avaliação e critérios de aprovação diferentes”, informa Fabiana Maria Cavalcanti Taurino, diretora administrativa da Fanny’s e responsável pela parte pedagógica da empresa. Segundo Fabiana, o software foi feito por educadores e não por programadores, causando uma identificação entre a escola e o produto.

O Acadesc trabalha por ano letivo, e não por número de alunos ou outro critério. Entre os principais recursos da secretaria, estão o histórico do aluno, atas periódicas, boletim e estatística de notas. Já o módulo financeiro permite o cadastramento de tabelas de preços e a personalização de planos de pagamento por aluno. Fabiana tem percebido que, atualmente, as escolas grandes estão adaptando sua estrutura de informática, enquanto as pequenas estão iniciando sua informatização. “Nosso software atende desde escolas com 50 alunos até grandes instituições. Os problemas das escolas são parecidos. Nas grandes escolas apenas a complexidade é maior”, atesta. A Fanny’s atende escolas de todo o país via correio e o departamento de suporte funciona via skype ou internet.

SOFTWARES PEDAGÓGICOS

Além dos aplicativos para gestão educacional, a escola deve dispor de softwares como ferramentas pedagógicas. A RCT Software desenvolve produtos para serem utilizados pelo educador. “Desde 1988, época do nascimento do software educativo no Brasil, acompanhamos o setor e vimos muitos educadores se afastarem do computador por não possuírem uma ferramenta que pudessem usar apenas com o conhecimento que tinham de informática. Com o desenvolvimento do PC, percebemos que poderíamos desenvolver atividades para atrair o professor”, relembra Maria Cecília Wilmer Guimarães Gandra, sócia-proprietária, com Ronaldo Barbosa, da RCT.

Cecília, que é física com mestrado em física e especialização em Educação Especial pela UNICAMP, começou a se interessar por softwares educativos quando seus filhos passaram a se interessar por micros. Hoje, a RCT tem 22 títulos, que atendem alunos da Educação Infantil à 8ª série. “Nossos softwares são um material didático, eles não eliminam o professor. O educador é o mediador no processo de aprendizagem. Os softwares possuem atividades abertas. O educador o utiliza conforme quiser”, comenta Cecília.  Os produtos da RCT são vendidos com licença para uso em 25 máquinas. Além de escolas, são adotados em clínicas de psicologia e APAEs. “Os programas possibilitam diagnosticar falhas de aprendizagem”, acrescenta. Cecília cita ainda que até em alfabetização de adultos os produtos são utilizados com sucesso, por exemplo no Colégio Notre Dame de Campinas. “A tecnologia está aí para sobrepujarmos nossas limitações”, constata. Outro detalhe da RCT é o cuidado com as embalagens dos softwares. Ecológicas, as caixas de papelão são revestidas de plástico biodegradável, que não deixa resíduos no meio ambiente. “Se estamos trabalhando com educação, temos que nos preocupar com o meio ambiente”, finaliza.

Serviço:

AIX Sistemas
31-3218-7200
www.aix.com.br | marketing@aix.com.br

Controller
47-3028-7186
www.escolavianet.com.br | www.icontroller.com.br

Fanny’s
11.5012-0422 | 0800-7730422
www.fannys.com.br | fannys@fannys.com.br

Multisupri
11.5679-7496
www.multisupriinformatica.com.br

RCT Software
19-3242-6911
rct@rctsoft.com.br

Showtec
Rua Aurora, 200, loja 108
11.3362-8536
showtecsi@showtec.com.br | www.showtec.com.br

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.