janeiro 8, 2014

Dica — Atividades de livre escolha

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

Matéria publicada na edição 70 | Agosto 2011

Diversão na aprendizagem

Cursos extracurriculares de livre escolha podem transformar o colégio em um ambiente onde a arte, o lúdico e os esportes atraiam os estudantes, melhorem sua saúde física e emocional, despertem talentos e habilidades e favoreçam a inserção social. A escola Projeto Vida, localizada na zona Norte de São Paulo, promove há 20 anos atividades livres e hoje oferece 15 cursos, como violão, teatro, animação em 3D e circo. A aceitação dos estudantes tem sido ótima, avalia a coordenadora cultural Elisabete Vecchiato. “Temos 670 participantes nas várias modalidades. Portanto, mais da metade dos alunos procuram os cursos complementares”, diz.

Segundo ela, as atividades visam à ampliação cultural dos alunos. “Elas estão alinhadas à proposta pedagógica da escola e contribuem para a formação deles, visto que promovem o aprendizado de habilidades e competências que nem sempre o horário escolar formal consegue suprir”. Outro ponto interessante é o fortalecimento da convivência entre os estudantes. E ressalta ainda que as atividades artísticas acabam despertando qualidades e habilidades que poderão ser aproveitadas por toda a vida. É o caso da música, que segundo a professora de canto Eliane de Freitas, favorece o desenvolvimento humano. “Um bom trabalho musical sensibiliza, acalma, alegra, ajuda na concentração e coordenação. Dessa forma, os benefícios para a escola e comunidade são inúmeros. Pessoas menos agitadas e violentas se tornam mais atentas e disciplinadas, também há melhora na postura do cidadão e no convívio em sociedade”, afirma.

Eliane de Freitas atua como voluntária no ensino de canto coral em escolas públicas de São Paulo e também leciona musicalização infantil em colégios particulares. Em seu trabalho com a musicalização em bebês, por exemplo,Eliane opta por canções interpretadas com movimentos rítmicos, o uso de brinquedos de diferentes texturas, formas e tamanhos que produzem sons (apitos, chocalhos, tambores, entre outros), além de jogos rítmicos com palminhas e movimentos corporais.

Cursos que visam complementar a formação dos alunos no que diz respeito às matérias tradicionais também são uma possibilidade. O Colégio São Domingos, na zona Oeste de São Paulo, oferece programas de Expansão Cultural. “A grade é montada de acordo com a demanda da atividade e os objetivos propostos para o semestre”, diz o coordenador do Ensino Médio, Ricardo Francisco. A escola disponibiliza projetos de orientação para monografi a aos alunos do 2° ano do Ensino Médio e outros voltados à política internacional e Filosofi a para os estudantes do 9° ano. No entanto, a prática artística também encontra espaço na programação, por meio das atividades de artes cênicas e vivências corporais. Desta forma, a escola proporciona um ambiente onde a diversão e a aprendizagem andam juntas no desenvolvimento cultural, social e cognitivo das crianças e adolescentes, propiciando ainda tranquilidade e facilidade para a vida corrida dos pais.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.