outubro 20, 2014

Dica-Uniformes escolares

Publicidade

Convex – Banner de conteudo

Matéria publicada na edição 102 | Outubro 2014 – ver na edição online

A importância dos uniformes escolares

Por Rafael Pinheiro

Garantindo praticidade, inibição do consumismo, equilíbrio das diferenças sociais e até a diminuição do risco de bullying, os uniformes escolares são vestimentas que agradam os pais, principalmente pelo fator econômico, além da padronização e praticidade. Os uniformes foram criados para simbolizar as cores, o nome, a tradição e o símbolo da escola, contribuindo, assim, no desenvolvimento psicossocial das crianças, com um sentimento de pertencimento ao grupo.

Atualmente, os diversos modelos de uniformes são adotados por boa parte das instituições de ensino, tanto para as crianças, como para os adolescentes. O desenvolvimento das peças inclui uma participação direta do colégio, já que os uniformes carregam cores, estampas e adornos correspondentes à imagem da instituição.

Patricia Lumatti, proprietária de uma empresa especializada em confecção de uniformes na capital paulista, destaca a importância da produção das peças. “A confecção dos uniformes é feita de forma artesanal, onde inclui várias etapas. A primeira é de fundamental importância, onde as escolas participam de forma direta na escolha do modelo dos uniformes, depois vem o desenvolvimento de corte, estampas, bordados e, por fim, a costura. Em todas estas etapas exige-se capricho e dedicação”.

Além do desenvolvimento primoroso e a preocupação com o bem estar dos alunos, a escolha de materiais específicos é de suma importância. Segundo Patricia, usa-se com mais frequência a helanca escolar. Para as camisetas, a malha 100% algodão e a malha PV. Os aviamentos também devem ser levados em consideração, com elásticos de boa qualidade, punhos que não deformam, etc.

Produzir uniformes de alta qualidade, com adornos e detalhes do próprio colégio proporcionando identificação visual do aluno são questões relevantes no ato da concepção de cada vestimenta. Além do caráter estético, é necessário realizar alguns testes nas peças antes da comercialização, percebendo o conforto dos uniformes, por exemplo. “Sem dúvida existe uma preocupação com o conforto, principalmente se tratando de crianças. As legs e as calças bailarinas são bem confortáveis para as meninas e a modelagem também é testada neste sentido”, afirma Patricia.

Contato: Patricia Lumatti / patrícia@doituniforme.com.br

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.