Março 18, 2015

Para o Dia Mundial da Água, Edukatu estimula atividade de reflexão e prática sobre o uso desse recurso natural

Publicidade

Convex – Banner de conteudo

Uma das atividades mais utilizadas por professores conectados à plataforma inclui a construção de um terrário, músicas, vídeos, desenho e debates em sala de aula   

 O plano de aula “O ciclo da água” tem o objetivo de estimular alunas e alunos a analisarem este ciclo de forma prática e refletirem sobre o consumo deste recurso tão precioso. E este é um dos conteúdos mais acessados por professores no Edukatu, rede gratuita e aberta de aprendizagem para consumo consciente, promovida pelo Instituto Akatu em parceria com a Braskem. O Dia Mundial da Água, celebrado em 22/03, é mais um momento para se tratar do uso consciente de recursos naturais, especialmente no contexto da crise hídrica que toma boa parte do País.

 A atividade está relacionada às disciplinas de Ciências, História, Geografia e Artes, mas pode ser adaptada a qualquer disciplina ou, preferencialmente, reunir ações coordenadas entre mais de uma disciplina para que seja trabalhada de maneira transversal. Entre as habilidades requeridas estão: organizar e sistematizar informações, pesquisar, agir de forma consciente, formular questões e planejar. “A ideia, não só desta atividade, mas de tudo que desenvolvemos a partir do Edukatu, é que cada professor adapte os planos de aula à sua realidade. Temos muitas sugestões que incluem diferentes materiais e dão espaço para diversas questões dos alunos, que podem surgir durante estas aulas”, comenta Silvia Sá, gerente de educação do Instituto Akatu.

 Foi o que fez o professor Jades Daniel Nogalha da C.E.F. (Centro de Ensino Fundamental) 418 de Santa Maria, no Distrito Federal. Formado em Estudos Sociais com habilitação em História e Geografia, o professor conta que esta foi uma atividade especial para seus estudantes, que têm 12 anos, em média. “A parte que mais gostaram foi a construção do terrário, também relacionada ao fim de um ciclo escolar. Pedi que os alunos construíssem o terrário como um projeto final do bimestre. Eles observaram o seu desenvolvimento por uma semana e todos tiveram a oportunidade de expor como foi o desafio de criá-lo. Para mim foi extremamente enriquecedor perceber que muitos entenderam bem o conceito e alguns, mesmo já passado um ano, ainda o conservam com carinho”, relata Jades.

 O plano de aula pode ser utilizado para o Ensino Fundamental I e II. No mesmo material são dadas sugestões de como usá-lo em cada turma. Para o Ensino Fundamental II, por exemplo, a sugestão é que, ao fim da atividade, questões como “Como são formados os lençóis freáticos e como ocorre sua poluição?” e ainda “Como diminuir o consumo da água?” sejam discutidas.

 A possibilidade de adaptação também é comentada pela professora Ana Carla Dávilla, da Escola Municipal Nossa Senhora dos Anjos, de Salvador (BA): “Os alunos já se preocupam com os bebedouros, pois também temos feito atividades para que cuidem que não fiquem vazando. Realizamos filas para beber água e um observa o outro para ver quem deixa vazando. Em algumas atividades dos desafios [do Edukatu] houve intervenção de alunos propondo formas diferentes de realizar que empolgavam mais”.

 A flexibilidade comentada por Ana Carla, entre as atividades propostas e as novas ideias que surgem durante a realização do percurso, é uma das características do Edukatu e é tendência no uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICS). “Este é um dos diferenciais do Edukatu: unir educação para sustentabilidade e consumo consciente com uma abordagem pedagógica lúdica e o uso de TICS dentro das escolas”, afirma Silvia Sá, gerente de educação do Instituto Akatu. 

 Acesse o plano de aula “O ciclo da água” em: http://bit.ly/ciclo-da-agua

   

Sobre o Edukatu

O Edukatu é a primeira rede de aprendizagem sobre os conceitos e práticas do consumo consciente e sustentabilidade para alunos e professores do Ensino Fundamental de todo o Brasil. No espaço virtual disponível há circuitos de aprendizagem cheios de desafios para os estudantes explorarem, conteúdos exclusivos (vídeos, reportagens, planos de aula, atividades e jogos), além de uma comunidade virtual para trocar ideias com outras escolas. A plataforma é uma iniciativa do Instituto Akatu em parceria com a Braskem, com o apoio da HP e da Fundação Cargill, e com apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério da Educação.

 Sobre o Instituto Akatu

Criado em 15 de março de 2001 (Dia Mundial do Consumidor), o Instituto Akatu é uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente. As atividades do Instituto estão focadas na mudança de comportamento do consumidor em duas frentes de atuação: Educação e Comunicação, com o desenvolvimento de campanhas, conteúdos, pesquisas, jogos e metodologias. O Akatu defende o ato de consumo consciente como um instrumento fundamental de transformação do mundo, já que qualquer consumidor pode contribuir para a sustentabilidade da vida no planeta: por meio do consumo de recursos naturais, de produtos e de serviços e pela valorização da responsabilidade social das empresas.

 

Sobre a Braskem

A Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Com 36 plantas industriais distribuídas pelo Brasil, Estados Unidos e Alemanha, a empresa produz anualmente mais de 16 milhões de toneladas de resinas termoplásticas e outros produtos petroquímicos. Maior produtora de biopolímeros do mundo, a Braskem tem capacidade para fabricar anualmente 200 mil toneladas de polietileno derivado de etanol de cana-de-açúcar.

 

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.