setembro 11, 2015

11º Congresso Crescer: Mantenedores, coordenadores, gestores e diretores em ação

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

Organizado pela Rabbit Partnership, a 11º edição do Congresso Crescer – 2ª Feira Educacional, reuniu diversos gestores escolares ávidos por conhecimentos relevantes que integrarão, posteriormente, soluções adequadas e resultados positivos em suas instituições.

Por Rafael Pinheiro

Considerado o maior evento direcionado a gestores educacionais, a 11ª edição do Congresso Crescer – 2ª Feira Educacional, organizado pela Rabbit Partnership, que ocorreu ontem (10) no Expo Center Norte, localizado na região norte da capital paulista, apresentou nomes renomados do circuito educacional para explorar temas instigantes, reflexões aprofundadas e temas atuais que cercam instituições escolares em todo o país.

Com uma programação extensa de palestras que ocorreram ao longo do dia, podemos destacar temas interessantes, como: “Estratégias para aumentar o faturamento da sua escola, além das mensalidades”, conduzido por Christian Coelho; “Avaliação: ampliando o olhar. Visão e consciência dos avanços e dificuldades no percurso da aprendizagem”, por Altamar Carvalho; “A construção do relacionamento interpessoal na Escola, liderando sua equipe”, por Carmem Lúcia Campanelli; “O papel do gestor pedagógico: identidade em construção”, por Célia Godoy; e “Processo Ensino-Aprendizagem. Como conquistar a atenção dos nossos alunos?”, por Emília Cipriano.

Refletir sobre todas as questões levantadas pelos palestrantes, principalmente no atual cenário educacional, demonstra uma preocupação em preencher lacunas no sistema ensino-aprendizagem, aluno-professor, aumentando, assim, o repertório de líderes educacionais, seu papel frente à administração, seu relacionamento e convivência com os professores, estratégias pedagógicas e caminhos escolhidos diante de problematizações.

Construir uma gestão de qualidade é uma tarefa difícil. “É preciso definir papeis, despir de julgamentos, estabelecer uma relação interpessoal e manter, acima de tudo, o respeito. A escola é um lugar onde todos passam e podemos deixar recordações boas ou ruins, tanto em nossos alunados como nos pais”, afirmou Carmem Lúcia, durante a palestra “A construção do relacionamento interpessoal na Escola”.

Segundo Célia Godoy, que ministrou a palestra “O papel do gestor pedagógico”, a principal identidade de um gestor é “reunir funções e conhecimentos através de pessoas em torno de um objetivo comum: a organização e o sucesso da escola. Além de rever o projeto pedagógico da instituição e compreender que nossa escola mudou, o papel do professor mudou e nossos alunos também, principalmente pela realidade tecnológica”.

É preciso, então, discutir a utilização das TICs (Tecnologia da Informação e Comunicação) tanto na sala de aula como nos intervalos, reforçar a identidade do colégio, realinhar funções e “envolver toda a comunidade escolar ajudando a definir o caminho que deve ser seguido para a melhor gestão tanto administrativa como pedagógica”, destacou Célia.

E, dentro desse processo de movimentação e reestruturação, incluir “princípios básicos como diálogo, humanização, solidariedade, participação e democracia em todos os pilares”, ressaltou Emília Cipriano na palestra intitulada “Processo Ensino-Aprendizagem. Como conquistar a atenção dos alunos?”.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.