Maio 18, 2017

CIRANDA DE FILMES exibe programação gratuita no Espaço Itaú Augusta, de 25 a 28 de maio

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

CIRANDA DE FILMES, primeira mostra de cinema do Brasil com foco em cinema, infância e educação, chega à quarta edição em 2017 com o tema O QUE TE NUTRE?  A pergunta provocação motiva a busca do alimento que mais dá sentido à vida de cada um e propõe refletir e debater corpo, razão e emoção.

As seções Inéditos, Humor à Mesa, Resgate, ComKids, Carta Branca e Homenagens vão exibir uma cuidadosa seleção de filmes brasileiros e estrangeiros, de variados formatos e gêneros. Rodas de conversa, vivências lúdicas, oficinas e sessões especiais seguidas de encontros com pensadores, educadores, artistas e cineastas farão parte da programação gratuita que estará em cartaz no Espaço Itaú de Cinema | Augusta de 25 a 28 de maio (quinta a domingo).

A pré-estreia do documentário NUNCA ME SONHARAM, de Cacau Rhoden, abre o evento na quarta-feira, 24 de maio.  Produzido pela Maria Farinha e Instituto Unibanco, o filme trata dos sonhos dos jovens brasileiros em relação à educação e à vida. Antecede a projeção do filme um sarau de poesia Slam, com curadoria de Roberta Estrela D’Alva e apresentação de Eugenio Lima, ambos do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos.

FILMES

Outros títulos brasileiros também farão pré-estreia em tela grande na CIRANDA DE FILMES 2017, como os longas Fonte da Juventude, de Estevão Ciavatta; Acabou A Paz! Isto Aqui Vai Virar o ChileEscolas Ocupadas em São Paulo, de Carlos Pronzato; e Terreiros do Brincar, de Renata Meirelles e David Reeks; e os curtas Verdade Passageira, de Juliana Borges, Pedro Gorski e Roberto Vilela e Waapa, de Paula Junqueira, Renata Meirelles e David Reeks.

Entre os estrangeiros, destacam-se Poesia Sem Fim, longa do chileno Alejandro Jodorowski, exibido na Mostra Internacional de Cinema; Les Oiseaux De Passage, de Olivier Ringer; o turco Rauf, de SonerCaner e BarisKaya; a animação canadense Window Horses, de Ann Marie Fleming e os curtas A Bike A Ride, de Bernard Attal e El Origem de La abundancia, de Juan Gabriel Soler Alarcón.

Além dos inéditos, filmes com propostas temáticas que sugerem reflexão e debate, como Era o Hotel Cambridge, de Eliane Caffé, terão sessão especial seguida de bate-papo com os respectivos diretores.

Duas homenagens completam a programação de filmes da Ciranda:  a exibição de Diário de Naná, longa de Paschoal Samora; e Língua Mãe, de Fernando Weller e Leo Falcão, em  tributo ao percussionista Naná Vasconcelos;  e  uma seleção de curtas dos mestres do riso, Charles Chaplin, Buster Keaton e Jacques Tati, que estão na seção HUMOR À MESA.

RODAS DE CONVERSA

Nem só de filmes é composta a programação da CIRANDA. Três rodas de conversa vão contemplar os temas Humanidades, Poéticas e Subjetividades, reunindo profissionais de diferentes áreas para pensar junto formas de ação e reação diante de temas relevantes do nosso cotidiano.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.