junho 9, 2017

ATIVIDADES DE ENFRENTAMENTO AO TRABALHO INFANTIL SERÃO REALIZADAS EM DIFERENTES REGIÕES DE PORTO ALEGRE

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

A Comissão Municipal do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (COMPETI) está realizando, em articulação com o Comitê EVESCA (Comitê Municipal de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes) e com as equipes do Ação Rua, atividades de enfrentamento ao trabalho infantil em diferentes regiões de Porto Alegre. As ações iniciarão com um mutirão de sensibilização e informação no Largo Glênio Peres, no dia 12 de junho, a partir das 13h, data Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, com distribuição de folders de prevenção ao trabalho infantil e materiais sobre como a abordagem social é realizada.

Dentre as atividades, que seguem até o final do mês de junho, serão realizadas abordagens em sinaleiras, esquetes em escolas municipais e estaduais, assim como em unidades atendidas pela FASC que oferecem atendimento para crianças e contação de estórias com gibis da Turma da Mônica alusivos ao tema.

De acordo com a coordenadora da COMPETI, a psicóloga Helena de la Rosa da Rosa, essas atividades estão previstas no Plano de Ações Estratégicas Intersetoriais para Erradicação do Trabalho Infantil no Município de Porto Alegre e compõem um Eixo fundamental para conscientizar a população sobre os riscos e outras violações de diretos associadas ao trabalho infantil. Assim como, para buscar esclarecer mitos historicamente construídos e culturalmente reforçados.

A coordenadora da COMPETI destaca, ainda, que é preciso considerar as modificações atuais no cenário do trabalho infantil, agravadas com a crise econômica e política que estamos vivenciando. Declara que, no município, as equipes de abordagem social/Ação Rua têm identificado aumento do trabalho infantil nas sinaleiras, assim como nas feiras livres, e na CEASA, dentre outros pontos regionais. Para esses locais estão sendo planejadas ações de sensibilização, informação e intervenções intersetoriais.

A COMPETI foi instituída oficialmente em 2012 e é composta por 21 entidades, entre elas, a Fundação de Assistência Social e Cidadania,  Delegacia Regional do Trabalho, Poder Legislativo Municipal, Conselho Municipal de Assistência Social; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, além das  Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Direitos Humanos.

 

DATAS DAS ATIVIDADES:

12/06:

13h – Ação no Largo Glênio Peres – com distribuição de folders de prevenção ao trabalho infantil e materiais sobre como a abordagem social é realizada.

14h – Distribuição de mosquitinhos com os telefones da Abordagem Social na Av. Oscar Pereira, bairros Cruzeiro e Cristal.

Das 14h às 16h – Distribuição do cartão vermelho. Conscientizar a comunidade em relação à situação específica de vendas de balas nas sinaleiras por crianças. Local: Av. Borges de Medeiros, esquina com a Av. Ipiranga.

Dias 12/06 e 23/06 – Projeto EducAtiva – Contação de estórias em quadrinhos da turma da Mônica alusivo ao tema. Será realizado em todos os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (serviços oferecidos nos CRAS) das regiões Humaitá, Navegantes, Farrapos e Bairro São Geraldo. A ação vai trabalhar a conscientização e prevenção de todas as formas de trabalho infantil, com educandos e educadores do serviço.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.