junho 12, 2017

ESPECIAL BETT BRASIL EDUCAR 2017 Inovação: Novos Horizontes para a Educação

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

Sempre com o intuito de apresentar e discutir inovações educacionais no Brasil e no mundo, o Espaço do Saber concentrou atividades pertinentes ao setor público. Desta forma, líderes educacionais compartilharam suas melhores práticas, conhecimentos e experiências bem sucedidas.

FEIRA BETT EDUCAR 2017

As novidades, tendências e soluções em inovação e tecnologia foram apresentadas por mais de 200 expositores durante a Feira Bett Educar. Aberta ao público e gratuita, com extensas atividades programadas pela organização e por diversos expositores, o objetivo da feira é aliar o conhecimento teórico aos recursos práticos para a valorização do ensino-aprendizagem aos públicos de destino, além de evidenciar o que é tendência e o que já está consolidado no âmbito da educação brasileira.

“Optamos por um modelo de exposição mais participativo e enriquecedor. Apresentamos tecnologias e inovações disponíveis para todas as instituições de ensino”, relata Claudia Valério, diretora de eventos da Ascential, empresa que promove e organiza a Bett Educar.

Confira abaixo alguns dos destaques que foram apresentados pelos expositores participantes da Feira Bett Educar 2017:

 

Desafios da Educação

Jane Patrícia Haddad, educadora, escritora e palestrante, presidiu a sessão “Inclusão e Superação de Dificuldades de Aprendizagem”, no segundo dia do evento. Nesta sessão, foram debatidos temas, como: inclusão e diversidade; indícios de dificuldade na aprendizagem e discalculia; práticas que contribuem para o processo de ensino e aprendizagem e que promovem resultados satisfatórios; lei do bullying (Lei 13185/15).

 

 

“O sucesso é uma construção”, afirmou Leo Fraiman durante apresentação

Como é possível, nesse século de relações voláteis, estabelecer um contato consistente? Como é possível, para o ambiente escolar, construir e desenvolver habilidades significativas nos alunos? Como é possível, então, educar para a humanização e para o empreendimento individual?

Esses e outros questionamentos foram respondidos durante a fala de Leo Fraiman, na palestra intitulada “Projeto de Vida e Empreendedorismo”, que ocorreu na tarde do segundo dia de Bett Educar 2017. Para o psicoterapeuta, escritor, palestrante, criador da Metodologia OPEE e autor da coleção Empreendedorismo e Projeto de Vida (editado pela FTD Educação), o projeto de vida começa com o autoconhecimento e deve ser um processo contínuo – e desde os primeiros anos de vida.
“O autoconhecimento é um processo no qual a pessoa vai percebendo seus pensamentos, sentimentos e comportamentos e, a partir daí, construindo uma identidade que lhe dê um senso de estabilidade perante o mundo em constante mudança. É preciso fomentar valores como empatia e cooperação”, disse Leo Fraiman.

 

TECNOLOGIAS PARA A EDUCAÇÃO

Atravessamos, na contemporaneidade, uma verdadeira imersão tecnológica em todos os campos sociais – inclusive no âmbito educacional. Assim, questionamentos se a tecnologia é ou não relevante, perde sua força diante do aumento de aparatos e ferramentas digitais facilitadoras. A Microsoft, por exemplo, apresentou diversas novidades que podem apoiar a transformação digital de instituições de ensino. Entre elas, um caso inovador de uso de Inteligência Artificial – essa tecnologia permite que, ao assistir um vídeo educacional, é possível buscar por qualquer palavra que apareça nele, facilitando a vida do estudante e, assim, ir diretamente ao assunto que mais lhe interessa.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.