outubro 10, 2017

Dica – Toldos e Coberturas: Conforto e segurança nas coberturas

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

Promoção de bem estar, conforto e segurança são características essenciais na composição e estruturação de um espaço que abrigue uma multiplicidade de estudantes e funcionários. Na construção desses espaços avistamos outros aspectos que devem ser evidenciados, como disponibilizar equipamentos nos ambientes institucionais e adaptá-los ao padrão visual do colégio, utilizar materiais resistentes e produtos de qualidade que reafirmem o cuidado com o patrimônio e, também, com toda a comunidade escolar.

Nas áreas externas, os tradicionais toldos e coberturas, especificamente, garantem uma proteção especial para os dias chuvosos, são ideais para corredores de acesso, entradas, cobertura para quadra poliesportiva, além de proporcionar uma estética diferenciada para o colégio.

Algumas observações devem ser consideradas para a melhor implantação e utilização no espaço, como os materiais escolhidos para sua confecção que devem atender às expectativas de durabilidade, as necessidades de cada ambiente e a harmonização com o estilo arquitetônico ao qual será implantado. Assim, o primeiro passo que deve ser trilhado pela instituição que deseja instalar o toldo/cobertura, é realizar alguma projeção com um arquiteto, “pois é possível analisar questões estéticas, se o mesmo não vai atrapalhar a visibilidade das fachadas, ou se não irá cortar totalmente a entrada de luz solar”, afirma o arquiteto Thiago Papadopoli.

Atualmente, é possível encontrar no mercado diversas opções para coberturas e fechamentos dos espaços escolares e, consequentemente, diversos materiais. Dentre os principais materiais encontrados, o policarbonato é recomendado para onde a presença da luz ambiental seja indispensável, podendo receber tratamento autolimpante. Já as lonas, que aparecem nas formas vinílicas ou acrílicas, as quais possuem diversidade de cores, são bem resistentes à chuva, ao sol e ao desbotamento.

“Acredito que devemos sempre priorizar segurança, assim recomendo a utilização de materiais leves e resistentes. A cobertura como o nome diz, cobre o espaço, então pode ser utilizada em um local fixo. Quando falamos apenas em toldo, ou seja, não é propriamente um local de permanência, mas apenas para cobrir uma área de circulação ou acesso, recomendo a utilização de lona vinílica de gramatura apropriada para o vão a ser atingido. A estrutura pode ser de ferro ou alumínio, lembrando que o alumínio é mais fácil de conservar, sem ferrugem por exemplo”, ressalta Thiago.

Com relação a preservação e manutenção dos equipamentos, o arquiteto indica que a escolha do material pode auxiliar nesse processo, como verificar a durabilidade do material a ser utilizado, como por exemplo um vinil mais resistente (para não rasgar) ou um policarbonato que não quebre. “Além disso, preferir estrutura de alumínio que é mais leve e mais prática de manter. E como temos alta circulação, é recomendado observar essa manutenção sempre no período de férias”, completa. (RP)

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.