outubro 16, 2017

Editora Peirópolis lança livro que aborda questões da pré-adolescência na era dos games

Publicidade

CULTURA INGLESA – BANNER DE CONTEUDO

O texto do livro Vida Game foi o vencedor do Concurso João de Barro, prestigiado prêmio oferecido pela cidade de Belo Horizonte, e tem o formato de um diário, escrito por um menino que tem onze anos, faz doze durante a história, mas tem pensado muito nos treze, quando será tecnicamente um teen.

A autora, que teve formação em Publicidade e está se licenciando em Letras, já teve incursões no romance e no conto, e faz a sua estreia no gênero infanto-juvenil. “Ao observar os meus sobrinhos e as demais crianças que já conseguem entender sobre a sua própria maturidade, seus próprios limites, surgiu a vontade de dar voz a eles. Assim nasceu o Fernando Fontes, narrador do Vida Game”, diz a autora que além de escritora é roteirista, dramaturga, publicitária e dá aulas de escrita criativa. Possui outras obras premiadas, como o conto Taciana, finalista no prêmio Off-Flip, o Projeto Marco Polo, vencedor da bolsa de criação literária do ProAc e o conto A lança e o dado, finalista no Prêmio Paulo Leminski.

O Singularidades, instituição voltada à formação de professores, apoia a iniciativa e o lançamento será no vão central da Sede, na rua Deputado Lacerda Franco, 88, a partir das 19h30.

 

 

Vida game de Adriana Calabró. Ilustrações de Angelo Abu Formato 13 x 19 cm 104 págs. ISBN 978-85-7596-532-0 Disponível também em ebook

A vida é um game e Fernando Fontes tem um plano para passar para a próxima fase. E um parceiro de jogo de outra dimensão.

O texto de Adriana Calabró, vencedor do Concurso João- de-Barro de literatura para crianças e jovens da Prefeitura de Belo Horizonte, ganha ainda mais visualidade na companhia do caderno de imagens do mineiro Angelo Abu. 

Adriana Calabró é escritora, roteirista de cinema e teatro, jornalista, redatora publicitária e há muito tempo se dedica à formação do escritor e do leitor literário. Desde 2005, conduz a Oficina de Escrita Criativa Palavra Criada e integra grupos literários como o Beco de Escritores e o Quartiers des Arts.  Foi premiada na área de comunicação, com campanhas de publicidade, e na literatura, com contos e romances. Seu texto Vida game foi originalmente premiado no Concurso João- de-Barro de literatura para crianças e jovens da Prefeitura de Belo Horizonte.

Angelo Abu nasceu em Belo Horizonte, em 1974. Ilustrou mais de 80 livros, dentre eles, Um Dia, um Pássaro, de Sônia Junqueira, Simbad, adaptado das Mil e uma noites por Alaíde Lisboa, e Macunaíma em quadrinhos, de Mário de Andrade, ilustrado em parceria com Dan X, todos pela Peirópolis.

Entrevista com a autora

Seu texto foi premiado no Concurso João-de-Barro de Literatura para Crianças e Jovens da Prefeitura de Belo Horizonte. Como foi a experiência?

Foi uma sensação muito boa de que a história que eu contei encantou alguém. É como se uma criança estivesse lá, no seu mundinho, criando seus próprios jogos, e um adulto (um jurado) entrasse no quarto e o convidasse para uma viagem divertida em vez de levá-lo para a escola.  O Fernando Fontes, meu personagem, bem que ficou feliz. Ele é tímido, mas um menino que gosta muito de aventuras, sabe? 

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.