novembro 23, 2017

Conversa com o Gestor – Efeitos & Afetos: Estados Socioemocionais na Interação Escolar

Publicidade

Convex – Banner de conteudo

Já os estudantes do 9º ano à 3ª série do Ensino Médio oferecem oficinas lúdico-pedagógicas de jogos de raciocínio e interpretação, uma vez por semana, para crianças e adolescentes do Centro Solidário Nossa Senhora Aparecida, localizado no bairro Jardim São Luís (região sul da capital paulista). “Pretendemos desenvolver a autonomia que garanta o protagonismo das crianças e adolescente e dos educandos na gestão do projeto, promovendo entre os grupos a experiência de conviver com uma realidade adversa, respeitando as diferenças, para o exercício da solidariedade e da generosidade”, comenta a coordenadora.

FORMAÇÃO INTEGRAL

Com um histórico de 40 anos de trajetória, o Grupo Vértice de Educação, que administra os Colégios Vértice​ e Curumim​, mantém o foco na formação integral de seus alunos, com uma proposta pedagógica que reforça a importância do acompanhamento individualizado, além do hábito de estudo e do sistema de avaliação permanente. No progresso dessa formação integral para que seus alunos sejam capazes de desenvolver habilidades cognitivas e socioemocionais, o Colégio Vértice, localizado na capital paulista, estimula ações humanísticas e sociais.

O Colégio Vértice (SP) trabalha a formação integral do aluno, reforçando a importância e a necessidade do acompanhamento individualizado

Nesse contexto, o colégio aplica o método também no seu formato de avaliação. A nota de cada disciplina é formada pela média simples das notas quantitativa e qualitativa. A quantitativa é composta pelo resultado obtido em provas e avaliações constantes. Já a qualitativa é o resultado da observação diária do professor, que leva em conta a participação, responsabilidade, orientação, atenção, solidariedade, respeito e outras habilidades socioemocionais, além da comunicabilidade.

Outro exemplo de como a escola utiliza o projeto didático em prol do desenvolvimento de cidadãos atuantes e conscientes é a exposição “Novos Olhares – Bicho de Artista”, desenvolvida pela professora de artes Telma Siegl. A mostra inclui ilustrações de animais em diversos formatos feitas por alunos do 2º ao 6º ano acompanhadas pelas principais regras exercidas pela escola para seus alunos. Saber trabalhar em grupo, manter o lugar e materiais organizados, respeitar os colegas, professores e funcionários da escola são algumas delas.

“Os trabalhos têm auxiliado a memorização e entendimento das regras escolares, além de fixar a importância de valores éticos e humanos, como o respeito ao próximo e a solidariedade”, destaca a professora. Dessa forma, a preparação dentro de sala de aula desenvolve habilidades, independência e autonomia, e ao mesmo tempo ajuda os alunos a lidar com frustações, superar suas dificuldades e focar no tempo dedicado aos estudos.

AFETIVIDADE NA ESCOLA

No Instituto Educacional Casa Escola, em Natal (RN), a afetividade é um dos pilares norteadores do desenvolvimento pessoal das crianças. A escola, que trabalha com educação infantil e fundamental, sustenta sua filosofia de trabalho na construção de situações que permitam aos alunos desenvolver o prazer pela aprendizagem, em vez de utilizar-se dos tradicionais métodos.

Continue Lendo

Assine nossa Newsletter

Veja agora este vídeo

Comentários encerrados.