fbpx
Guia para Gestores de Escolas

A atividade mais surpreendente da mente humana: as imagens mentais

A imaginação, como capacidade de gerar imagens mentais, é uma das atividades mais incríveis e surpreendentes da mente humana. O ser humano tem uma capacidade única e de alto nível para criar a realidade: A CAPACIDADE DE SIMULAR NA MENTE IMAGENS MENTAIS.

Exercitar nossa mente significa visualizar, sentir e ouvir o que queremos e simular ou imaginar de forma consciente, uma ação ou resultado que esteja de acordo com o nosso objetivo. Ou seja, criar imagens mentais da realidade desejada, podendo assim realizar estratégias e conceitos, formando o processo que chamamos de pensamento.

Toda a nossa existência é composta de imagens mentais, todos os atos e ações são precedidos por uma representação mental, e isso acontece diariamente na nossa vida cotidiana, a maioria das vezes sem percebermos.

Isso acontece porque o nosso Sistema Nervoso Central, diante da necessidade de organizar uma ação, tem duas “possibilidades de programação” disponíveis: uma de tipo mais “conservador” e outra de tipo mais “projetivo e criativo”, ambas essenciais.

Na primeira possibilidade, são utilizadas as informações já conhecidas, testadas e armazenadas na memória, e a ação é mais repetitiva. Diante da rotina e de todas as ações muito conhecidas, o nosso cérebro decide usar um “modo conservador”, para economizar energia e não precisar toda vez aprender uma ação conhecida.

Na segunda possibilidade de programação, mais projetiva e criativa, é utilizada a capacidade do cérebro de simular uma ação sem realizá-la, especialmente em situações novas, de novos objetivos, ou de problemas a serem solucionados. Nesse caso o cérebro consegue fazer simulações, criar imagens mentais que têm uma função fundamental de permitir focar as informações disponíveis, elaborá-las e ajusta-las, senti-las, para antecipar resultados e consequências, criando assim uma preparação para uma ação concreta mais criativa e inovadora.

Cada ação é, portanto, precedida de uma representação mental que é o real momento da criação de novos circuitos neurais e, consequentemente, de novos comportamentos.

Com as imagens visualizadas é possível operar processos de simulação mental. Tal capacidade da mente permite antecipar o que aconteceria na situação real análoga. Assim, o nosso cérebro se antecipa sobre o ambiente por meio do exercício mental direcionado e pode antecipar escolhas e tomar decisões antes que as experiências externas e concretas aconteçam.

Podemos dizer que nossa mente funciona como um simulador e é com nossos pensamentos que fazemos as simulações. Exercitando nossa mente nas imagens mentais que queremos e sentindo a emoção envolvida, modelamos e reorganizamos nossas células cerebrais como se estivéssemos fazendo realmente aquelas ações.

A capacidade de representar mentalmente uma ação representa uma importante ferramenta de simulação e de antecipação, um meio pelo qual aprender a fazer, sem ter que realmente fazer, antecipando e se preparando em relação ao resultado.

Treinar os nossos jovens a utilizar essa capacidade incrível do ser humano de gerar imagens mentais, que são o fundamento da projetação criativa, permite melhorar o desempenho na aprendizagem e na memória, na flexibilidade, na abertura ao novo, na reflexão, na identificação de soluções para os possíveis problemas, na combinação dos diferentes elementos e informações de forma nova e original.

A capacidade de projetação flexível e criativa é o objetivo comum da ação educativa – projetar significa imaginar, idealizar algo e planejar como alcançá-lo. Assim, o sistema cerebral é exigido a usar o máximo de esforço e concentração, a focar a atenção nos aspectos essenciais e descartar os supérfluos, usar a emoção de forma produtiva, explorar os componentes inovadores e criativos da inteligência, as competências emocionais como um todo. Nos processos imaginativos interagem processos de atenção, memória, categorização, curiosidade, pensamento critico, avaliação e escolha; em síntese, não só todo o cérebro está estimulado na atividade da imaginação, mas também o ser humano como um todo, na sua globalidade, está presente, vivenciando e sentindo as emoções e os sentimentos envolvidos.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados