fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Como desenvolver uma atitude empreendedora desde a infância?

Empreender é apenas uma das várias formas de incentivar pessoas a encontrar um novo sentido de vida. É identificar um problema de um grupo de pessoas e refletir sobre como solucioná-lo. No momento em que se cria algo novo, é transformador ver que aquele novo transforma também a vida de outras pessoas.

Empreender é tirar o foco em si e da conquista individual para olhar a conquista coletiva. Quando tiramos a atenção do individual e nos colocamos a serviço do outro, nos sentimos plenamente realizados e felizes. Quando falamos sobre empreendedorismo infantil, especificamente, falamos sobre contribuir com a criação de um futuro mais lindo, sustentável e feliz para as nossas crianças. É nosso dever formar uma geração disposta e preparada a sempre pensar no bem comum, criar, inovar e melhorar. Todas estas ações formam uma consciência de que o ser humano é o centro de tudo, mas se faz necessário um ambiente saudável para viver.

O EMPREENDEDORISMO INFANTIL

Apesar do que o nome sugere, o empreendedorismo infantil é mais do que incentivar crianças a – desde pequenas – criarem suas próprias empresas. É especialmente desenvolver criatividade, iniciativa, persistência, dedicação e outros valores inerentes a qualquer empreendedor.

Por que o empreendedorismo infantil?

O desenvolvimento dos valores citados acima ajuda a desenvolver empreendedores e colaboradores mais capazes e com mais diferenciais para apresentar ao mercado de trabalho. No entanto, os benefícios do empreendedorismo infantil vão além, já que as crianças crescem com tais valores e se tornam seres humanos mais preparados para os desafios da vida.

A partir de qual idade pode se iniciar o trabalho do empreendedorismo com crianças?

Pela experiência que temos com milhares de crianças que já passaram pelo programa, quanto mais cedo, melhor. Afinal, quanto mais cedo, mais elas estão com a mente aberta e com a criatividade a mil, fatores importantes para o desenvolvimento da atitude empreendedora. Dessa forma, eles vão abrindo um mundo novo de possibilidades com mais facilidade.

Eu gosto de citar um exemplo do meu filho João Pedro: certo dia, estávamos nós dois na fila do caixa do supermercado. Ele tinha 5 anos e já havia empreendido 3 vezes nos eventos Startup Kids do Programa Mini Empreendedor da Eduqhub. Ele estava ali observando tudo e de repente olhou para a moça do caixa ao lado, que estava sem cliente e organizando a gaveta de dinheiro. Então ele perguntou a ela: “E aí? Vendeu muito hoje?”

Me contive para não rir. Isso que eu chamo de repertório. É uma bagagem que vai mudando o mindset, a forma de ver o mundo. São comportamentos que podem ser desenvolvidos. Isso só se aprende vivenciando. Eu nunca poderia ensiná-lo simplesmente falando.

Um outro exemplo do meu outro filho, o André Filho, ele tinha 12 anos na época. Chegou um cliente em sua barraquinha de cachorro quente pedindo um refrigerante, ele prontamente disse: “Está aqui, custa três reais”.

O cliente olhou sorridente e disse: “Mas na tampa está escrito 0,99 centavos”. Ele respondeu: “Bem, se você quiser levar só a tampa…”. Essa ficou para o nosso livro de histórias.

Como trabalhar o empreendedorismo infantil em casa?

Se você gostou do tema, saiba que pode trabalhar o empreendedorismo infantil em casa. Com a presença da família, os pequenos se sentem mais seguros em expor o que pensam. Além disso, trata-se daquela boa e velha forma de aprender brincando. Parece uma simples brincadeira, mas eles estão se desenvolvendo, transformando o seu mindset e se preparando para serem pessoas mais capazes. Compartilho aqui um exemplo de atividade que pode ser feita em casa.

COMO VENDER SONHOS

O que é? Desenvolvendo a habilidade da oratória.

Diversão em família: A oratória é uma soft skill que ajuda profissionais de qualquer área a expor melhor as suas ideias, além de transformar a comunicação entre as pessoas em cenários externos ao profissional. Por isso, desenvolvê-la desde cedo também é importante.

Nesta atividade, você vai encorajar o pequeno a desenvolver um discurso fácil e confiante. Além de ajudá-lo a sumarizar as suas ideias e a se apresentar. A ideia é que você ajude a criança a estruturar a sua apresentação da seguinte forma: Primeiro falando de seus sonhos. Em seguida, do seu propósito. Por fim, da sua paixão. Essa é uma estrutura simples de montar e fácil de cativar a plateia.

Sonho: Oi, pessoal, me chamo João Pedro, tenho 5 anos e quando eu crescer eu quero ser piloto de foguete.

Propósito: Tenho certeza que vou ficar muito feliz vivendo aventuras e realizando sonhos de pessoas que querem conhecer a Lua.

Paixão: Acho que nem vou precisar trabalhar, mas ganhar dinheiro para fazer isso, vai ser divertido.

CONCLUSÃO

Espero que tenham gostado deste conteúdo, de conhecer um pouco mais sobre empreendedorismo infantil e da dica de atividade.

As empresas contratam por competência, mas demitem por comportamento, por isso é tão importante, desde cedo, desenvolver as habilidades necessárias para se tornar um grande profissional, independente da profissão. E o mais importante é estar preparado para todos os desafios da vida.

Um forte abraço!

Marilia Teofilo Lima Pessoa Mãe de 5, empreendedora, escritora e pedagoga em formação.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados