Guia para Gestores de Escolas

Repercussão do 1º Direcional Educação

A NECESSIDADE DE INVESTIMENTO NA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES
Carmen-SilviaA diretora administrativa Carmen Sílvia Sandini, do Colégio Cantareira, da região do Horto Florestal, zona Norte de São Paulo, acompanhou o evento do Grupo Direcional como forma de manter-se atualizada “frente a essas mudanças que o Cortella abordou” (na foto, à esq./Carmen está acompanhada pela orientadora educacional Rosângela B. Augusto, ao centro, e pela coordenador Claudia Santa Rosa, à dir.). Nesse contexto, Carmen apontou que a “grande dificuldade que as escolas enfrentam é a conscientização de que todos – educadores, pais e alunos – revejam papéis”. A gestora afirmou que cabe às instituições investir e compartilhar permanentemente o fazer pedagógico, por meio da capacitação e cursos de formação dos professores.
PELA APROXIMAÇÃO ENTRE AS ESCOLAS E AS FAMÍLIAS

Wanderley-Jose-Pereira

Sociólogo, historiador e Mestre em educação, o consultor Wanderley José Pereira avaliou que escolas e famílias apresentam hoje expectativas diferenciadas. As famílias permanecem com uma visão antiga, distanciada da escola, enquanto esta adota uma perspectiva mais moderna e construtivista, o que gera incompatibilidades na disciplina e organização, disse. Wanderley comentou assim um dos temas abordados por Mario Sergio Cortella e defendeu o modelo adotado pelo Japão, onde os professores das séries iniciais costumam visitar as famílias com o objetivo de apresentar critérios, métodos e objetivos, aproximando-os e construindo “uma mesma linguagem”. “Compete ao nosso gestor olhar para esse lado, além de construir uma escola objetiva, organizada e de resultados”, defendeu. (R.F.)

SAIBA MAIS

Carmen Sílvia Sandini
Wanderley José Pereira dos Santos 

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!