fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Dica – Formaturas

Matéria publicada na edição 12 | janeiro 2006 – ver na edição online 

Da cerimônia à viagem, tudo perfeito

As formaturas de 8ª série e do 3º ano do Ensino Médio são momentos marcantes na vida de todo estudante. São também acontecimentos que exigem certos cuidados por parte da escola. A primeira providência é a escolha do local para a cerimônia. A Escola Arte de Viver, localizada no bairro da Lapa, em São Paulo, não possui auditório. “Costumamos alugar o espaço de uma escola pública próxima à nossa”, afirma a diretora, Maria Angela Alves Dardes. No começo de agosto ela já procura o local e faz a reserva, para garantir a data. Normalmente, Angela prefere escolher um dia de semana à noite para a formatura, evitando os sábados, quando as famílias, no final do ano, costumam ter mais compromissos agendados.

Quanto à realização de fotos e vídeo na colação de grau, Angela procura deixar os pais livres, sem exigir que eles comprem as fotos de um profissional contratado pela escola. “Hoje, com as máquinas digitais, a foto está muito mais acessível para os pais. Somente quando temos turmas muito grandes, especialmente do Pré, isolamos a frente do palco e pedimos que os pais só fotografem dos seus lugares”, conta. Angela acredita que, para as turmas de Pré, é preciso que a escola organize uma festa criativa e sem grandes custos para as famílias. A Arte de Viver, por exemplo, costuma ratear durante o ano um valor para os pais, incluindo fantasia, aluguel do salão, cenário e som. Visando diminuir custos, as crianças usam o próprio uniforme da escola na cerimônia.

Para os maiores, a viagem é outro item importante na comemoração da formatura. Os alunos de 8ª série da Arte de Viver costumam viajar para um hotel em Sacramento, Minas Gerais, com estrutura apropriada para receber formandos. “O local oferece atividades de lazer e monitores e a escola envia dois professores para acompanhá-los, um homem e uma mulher, independente do número de alunos. Os adolescentes voltam sensibilizados da viagem, pois na última noite há um luau, que funciona como um momento para que cada um fale dessa fase marcante da vida”, comenta a diretora. A escola também cede espaço na escola durante o ano, uma vez por semana, para que os formandos vendam doces. O dinheiro arrecadado ajuda no pagamento da viagem ou de uma festa.

Já para os adolescentes do 3ª ano do Ensino Médio, Porto Seguro, na Bahia, costuma ser o destino mais procurado para a comemoração. No ano passado, estima-se que 50 mil estudantes em grupo visitaram Porto Seguro. A Secretaria de Turismo local acredita que entre 5% e 6% do total de turistas que Porto recebe por ano são estudantes. Segundo uma agência de turismo de São Paulo, especializada no segmento de formaturas, Florianópolis (SC) e Bonito (MT) também despontam como destinos bem requisitados pelos jovens. O segmento de viagens de formatura vem crescendo. Nos últimos três anos, a agência obteve crescimento superior a 250% em número de estudantes embarcados, passando de 5,6 mil passageiros em 2002 para cerca de 22 mil em 2005.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!