Guia para Gestores de Escolas

Educação Infantil é importante ferramenta para a vida escolar

A primeira etapa da Educação Básica melhora o desempenho do aluno no Ensino Fundamental e Médio, contribuindo, inclusive, para o ingresso na universidade

Com apenas 20 anos, Karina Caciola passou em primeiro lugar no curso de medicina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Para concorrer e ficar à frente dos 125 candidatos à vaga, a jovem encarou dois anos de cursinho, estudou 14 horas por dia e foi, sobretudo, persistente, determinada e confiante. O exemplo de Karina serve de inspiração para muitos estudantes brasileiros, que assim como ela, sonham passar em primeiro lugar e cursar o ensino superior.

O que muitas pessoas não sabem é que o futuro profissional deve ser levado em consideração desde a Educação Infantil e não somente quando o jovem ingressa no Ensino Fundamental ou Médio.

A primeira etapa da educação básica influencia diretamente no desempenho escolar, além de desenvolver capacidades cognitivas e aptidões necessárias para que a criança se torne um adulto participativo, engajado, consciente, crítico, responsável e funcional.

É ela que irá contribuir para a formação do indivíduo e todas as experiências positivas adquiridas nesta etapa reforçam atitudes de autoconfiança, cooperação, solidariedade, responsabilidade e disciplina.

Diferente do que muitos imaginam, na educação infantil não se trabalha precocemente a alfabetização, mas se desenvolvem capacidades importantes para a vida escolar futura e também para a vida adulta.

“Esta é a fase em que o cérebro está no melhor momento para se desenvolver e é neste período que a criança mais necessita ser estimulada, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento neurológico, que acontece até os 5 anos”, explica Cláudia Fernanda Razuk, Diretora do Colégio Itatiaia.

Por esta razão, a Educação Infantil se faz essencial no processo escolar, sendo a base para o Ensino Fundamental e Médio, além de abrir os caminhos de perspectiva e de conteúdo para o ingresso na universidade. É nesta fase que o cérebro, que é o centro de todo processo de expansão e aprendizagem, se consolida estando mais receptivo a estímulos e experimentos.

Claro que para tudo irá depender da adaptação das crianças e o convívio desde pequena com a escola, que por sua vez também faz diferença. É importante avaliar os recursos disponíveis, organização e gestão da escola, clima acadêmico e ênfase pedagógica. Além do ambiente agradável, seguro e capaz de proporcionar à criança os desafios necessários para seu desenvolvimento motor, cognitivo e psíquico, a instituição também deve contar com profissionais capacitados e proporcionar brincadeiras apropriadas para cada idade.

 

Sobre o Colégio Itatiaia

Com 34 anos de referência em ensino de qualidade, desde o berçário até o Ensino Fundamental, o Colégio Itatiaia oferece, por meio de um método de ensino inovador, aprendizado especializado aos seus alunos. Além da grade curricular, um dos grandes diferenciais é o curso bilíngue voltado para língua e cultura japonesa. O curso também oferece a possibilidade de crianças japonesas aprenderem português.

O Colégio Itatiaia conta com professores experientes e capacitados para que os objetivos pedagógicos sejam cumpridos, respeitando cada aluno como indivíduo único, estimulando assim suas habilidades e competências para que eles se tornem pessoas capazes, independentes, empreendedoras, seguras e felizes. Para mais informações acesse o site www.colegioitatiaia.com.br.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
Fale conosco!