Guia para Gestores de Escolas

Ensino Médio é sinônimo de capacidade de “argumentação e visão crítica de mundo”, diz especialista em gestão e pedagoga

Entrevista por Rafael Pinheiro

Avaliação, vestibular, escolha da profissão, Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), treinamentos, aplicações e uma gama de responsabilidades e expectativas demarcam rotinas estudantis, sobretudo nos anos que acompanham os/as alunos/as do Ensino Médio.

Estreitando o olhar nesse ciclo e expandindo a outros setores alguns apontamentos surgem, como por exemplo a relação com a exigência do ensino, os principais desafios enfrentados, o acompanhamento e, também, o auxílio na ampliação do repertório de todos/as adolescentes.

Para aprofundar nessas questões do Ensino Médio, conversamos com Learice Barreto Alencar, pedagoga, especialista em gestão de pessoas e coordenadora geral da Rede Educacional Alub. Confira abaixo a entrevista na íntegra:

Revista Direcional Escolas: Quais são os principais desafios, na visão do colégio, para o Ensino Médio – visto que é o último estágio do estudante no colégio antes da entrada no ensino superior?

Learice Barreto Alencar: Corrigir gaps de aprendizagem, principalmente dos alunos que vem de outras instituições de ensino, aqueles que os professores chamam de pré-requisitos para aprendizagem. Outro desafio é o foco, muitos deles ainda não sabem o que querem, por isso precisamos auxiliá-los no entendimento do que são os exames vestibulares, ENEM, etc. Nesta fase os adolescentes têm dificuldades em assumir compromissos, são bem jovens de fato, mas é o momento de decidir que rumo prosseguir nos estudos, principalmente para os que farão PAS/UnB, pois deverão ter um plano de estudo de 3 anos.


Revista Direcional Escolas: Com as recentes modificações no Ensino Médio, o colégio realizou alguma alteração em seu currículo pedagógico ou na abordagem das disciplinas?

Learice Barreto Alencar: Ainda não, vamos aguardar primeiro a implantação da Base Nacional Comum para não nos precipitarmos, além disso, a implantação deve acontecer a partir de 2019.


Revista Direcional Escolas: Há uma pesquisa ou reunião pedagógica anual para promover um currículo escolar adequado?

Learice Barreto Alencar: Sim. Até porque trabalhamos com foco na aprovação nos exames da UnB e ENEM, então, devemos ficar antenados com as propostas destas bancas para que o nosso currículo seja coerente com o nosso objetivo para cada aluno, a aprovação.

Revista Direcional Escolas: Existe uma preocupação na exigência do ensino quando o Enem/vestibular se aproxima?

Learice Barreto Alencar: O Ensino Médio é desenvolvido em uma matriz curricular de dois anos e meio, no último semestre da 3a série trabalhamos um revisional, que basicamente é uma revisão com muita correção de exercícios. Além, claro, dos diversos simulados feitos durante o curso.


Revista Direcional Escolas: O acompanhamento do aluno no Ensino Médio e a observação de suas habilidades/dificuldades devem ser maiores em relação ao ensino fundamental?

Learice Barreto Alencar: Sim, certamente, pois é o momento das dúvidas, incertezas, das emoções afloradas. Aqui o maior acompanhamento é com relação a garantir que mantenham o foco, o interesse pelos estudos, despertar o desejo pelos estudos em tempo quase que integral, além de despertar sonhos desconhecidos ou adormecidos.


Revista Direcional Escolas: Atividades extras, palestras, gincanas ou eventos são métodos utilizados pelo colégio no Ensino Médio para ampliar o repertório dos alunos?

Learice Barreto Alencar: Diversas atividades que exploram a criatividade, o olhar social para o meio em que vivem, palestras motivacionais, demonstrações de ferramentas que facilitam os estudos, eventos socioculturais para demonstrarem organização, cooperação e capacidade de foco. E as gincanas trazem momentos de descontração, amizade e alegria. Tudo isso colabora para a formação integral do estudante.


Revista Direcional Escolas: Com o advento tecnológico e os diversos aplicativos, é possível notar uma melhora no desempenho e rendimento do aluno, sobretudo no Ensino Médio, com a utilização de aparatos tecnológicos? 

Learice Barreto Alencar: Claro, com as plataformas de aprendizagem adaptativa é possível que o estudante descubra suas dificuldades e foque seus estudos onde realmente precisa. A sala de aula invertida, por exemplo, é uma possibilidade de estudar previamente para tirar dúvidas com o professor em sala, isto é aproveitamento de tempo.


Revista Direcional Escolas: Quais são as principais competências e habilidades, em sua opinião, que devem ser exploradas nos alunos e alunas do Ensino Médio?

Learice Barreto Alencar: Capacidade de estudo autônomo, de síntese, de resolução de problemas, de raciocínio lógico, de argumentação e visão crítica de mundo.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!