Guia para Gestores de Escolas

Fique de Olho — Manutenção predial

Matéria publicada na edição 41 | Setembro 2008 – Ver na edição online

Elétrica, hidráulica e pintura

Serviços como elétrica, hidráulica e pintura são essenciais em qualquer escola. A manutenção preventiva merece ainda mais atenção, pois pode evitar inúmeros acidentes. Uma das empresas que faz esse tipo de trabalho é a Métodos Daltec. Há quase 10 anos no mercado,  a empresa conta com mão-de-obra especializada em serviços como hidráulica, elétrica, manutenção preventiva e corretiva. De acordo com o gestor de serviços, Alex Alessandro dos Santos, as escolas devem estar atentas a todas essas áreas. “A recomendação é que se faça a manutenção preventiva, pelo menos de seis em seis meses, pois o custo fica bem abaixo da corretiva e pode evitar muitos problemas. Ter uma empresa que trabalhe com todos esses serviços é fundamental para ajudar as escolas a evitar acidentes”, afirma. Segundo ele, um problema recorrente nas instituições é a falta de infra-estrutura para ampliação dos prédios: “As escolas planejam aumentar o número de salas de aula e laboratórios, mas não verificam se as instalações elétrica e hidráulica estão compatíveis. Por isso, é necessário sempre fazer um estudo do local para analisar essas questões, que podem fazer toda a diferença.”

Muitas vezes, as edificações podem apresentar infiltrações e vazamentos em lajes, coberturas, reservatórios e piscinas. A Impersul Impermeabilizações trabalha nesse ramo desde 1994, além de realizar pinturas em fachadas e reformas. O proprietário da Impersul, Luiz Carlos Curvello Malheiros, explica que a maioria das escolas solicita esse tipo de serviço depois que o vazamento  começa. “O ideal seria que todas as escolas fizessem a impermeabilização para prevenir infiltrações. Os serviços mais comuns em escolas são impermeabilizações de quadras, lajes de cobertura e piscinas. Para esses casos, utilizamos mantas asfálticas. Geralmente, os serviços são realizados no período de férias”, esclarece. Malheiros ainda comenta que alguns cuidados devem ser tomados depois da impermeabilização. “Não se pode perfurar a manta, para instalar, por exemplo, antenas no local. Se a escola pretende fazer alguma reforma deve informar a empresa que fez a impermeabilização para avaliar se determinada área pode ser perfurada”, acrescenta.

O proprietário da Hidráulica Oceano, Antônio Sérgio Silva dos Anjos, alerta que as escolas também correm o risco de ter incidentes com entupimentos. “É importante fazer a manutenção nas válvulas das descargas, desentupir ralos e prestar atenção nas  torneiras para evitar vazamentos e desperdício de água”, recomenda. De acordo com Anjos, outro ponto importante da manutenção predial são os reservatórios de água. “As escolas devem fazer a impermeabilização para evitar vazamentos, geralmente, a cada cinco anos. Além disso, os colégios não podem esquecer de  fazer a lavagem obrigatória da caixa d´água, de seis em seis meses”, afirma Anjos, completando que a empresa faz  esses serviços e ainda trabalha com projetos de reuso da água de chuva.

A pintura também faz parte dos itens de manutenção predial. A Ideal Pinturas é uma empresa especializada em pinturas, há dez anos no mercado e trabalha focada, principalmente, em escolas de todos os níveis – da Educação Infantil a Universidades. O responsável pelo departamento comercial da Ideal Pinturas, César Augusto Portenza, aconselha as  escolas a tomarem alguns cuidados para economizar com a manutenção. “Se a instituição sempre faz a manutenção e limpeza das fachadas de forma correta, quando uma empresa realizar a pintura será necessário apenas lixar e passar um tipo de material. Mas, se a área estiver muito deteriorada, deve-se remover toda a superfície e aplicar dois ou três tipos de materiais. Com isso, a escola gasta mais dinheiro”, compara. Ele afirma que entre as escolas mais antigas, o serviço mais comum é o de repintura de fachadas, o que dá maior destaque para a instituição. “Fazemos também pinturas internas nas paredes, superfícies, teto, portas, janelas e também para esconder as tubulações, sempre de acordo com o pedido do cliente. O tipo de tinta depende do local. Em uma escola infantil, por exemplo, utilizamos um material sem cheiro para não incomodar as crianças”, lembra.

Mas, as pinturas também podem ser decorativas. Nesse caso, o ambiente escolar é transformado a partir de desenhos feitos nas paredes e fachadas das escolas. Há 10 anos no mercado, a JH Pinturas Especiais trabalha especificamente nessa área. Um dos proprietários, Jackson Eliomar do Carmo, conta que as pinturas são feitas em berçários, fachadas de escolas, playground, brinquedoteca, etc. “Podemos usar modelos prontos ou criados pela empresa. Um desenho muito solicitado pelas escolas é do ‘ursinho Pooh’, mas também criamos alguns personagens”, destaca. Para ele, é importante conversar antes com a escola para saber mais sobre o estilo da instituição e o que oferece aos alunos. “Depois disso, fazemos um esboço do desenho e, se aprovado, começamos o trabalho. Mas, é importante tomar alguns cuidados. Em escolas infantis, é importante que o esmalte seja à base de água, sem cheiro e anti-alérgico.”

PLANEJAMENTO E MANUTENÇÃO

Todo início de ano o Colégio Pio XII faz um planejamento dos serviços de manutenção predial. Com uma área de 176 mil m2, a escola conta com quase 50 pessoas para realizar os serviços internos, que são divididos em equipes de elétrica, hidráulica, pintura, jardinagem e limpeza. O vice-diretor administrativo do colégio, Daniel Brito, explica que as férias escolares, nos meses de janeiro e julho, são os períodos para a construção das obras maiores. “São as serviços que demandam uma grande mobilização, como a impermeabilização e a reforma de telhado. Mas, tudo transcorre sem problemas porque fazemos planejamento e temos uma política de prevenção, para economizar no futuro. Mesmo assim, todo ano temos uma verba específica para isso no orçamento do colégio”, afirma.

O consultor de operação e manutenção predial, Alexandre Marcelo Fontes Lara, aponta que nos últimos 10 anos tem aumentado a procura por serviços de manutenção predial. Mesmo assim, a maior parte dos serviços ainda é feita sem planejamento, na opinião de Alexandre. “Para uma manutenção correta, é preciso fazer um mapeamento da infra-estrutura da escola, na áreas civil, elétrica e hidráulica. Em uma escola, por exemplo, é importante identificar os pontos críticos para elaborar um plano de trabalho baseado nesses aspectos”, assegura. De acordo com o consultor, a escola que não fizer uma boa manutenção sempre vai sair perdendo em economia. “A escola que faz somente a manutenção corretiva gasta 30% a mais do que as que fazem a preventiva”, analisa. Lara ainda destaca que as empresas prestadoras de serviço contratadas pelas escolas devem seguir as Normas Regulamentadoras, ter engenheiros responsáveis, registros no CREA (Conselho Regional de Engenharia) e ferramentas adequadas, além de oferecer equipamentos de segurança para os funcionários. 

SERVIÇO

Métodos Daltec
Tel: (11) 4361-3670
www.metodosdaltec.com.br

Impersul Impermeabilizações
Tel: (11) 3237-1448
www.impersul.com.br

Hidráulica Oceano
(11)6910-5945
www.hidraulicaoceano.com.br

Ideal Center Pinturas
Tel: (11) 8182-5592 /Nextel: 7833-6910

JH Pinturas Especiais
Tel: (11) 4185-3213
www.jhpinturasespeciais.v10.com.br

Receba nossas matérias no seu e-mail

Relacionados
Fale conosco!