fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Fique de Olho — Pisos

Matéria publicada na edição 31 | Setembro 2007 – ver edição online

Dos vinílicos à madeira, passando pelos produtos de borracha e o natural linóleo, o mercado está repleto de opções para valorizar os pisos da escola.

Os pisos dos diversos ambientes da escola refletem o cuidado que a instituição reserva às suas instalações. Instalar o piso adequado para cada ambiente garante segurança e conforto para os alunos, além de dar à escola um bonito visual.

A variedade de produtos à disposição é enorme. Para salas de aula, os pisos vinílicos estão entre os preferidos. E, quando se trata desse material, é fundamental escolher uma empresa especializada e idônea para a realização dos serviços. A American Pisos, há 15 anos no mercado, é especializada em pisos vinílicos e de borracha, e é uma Revenda + da Fademac. “A Revenda + é uma homologação que a Fademac dá a algumas revendas, uma espécie de garantia estendida. Além da garantia da Fademac, o cliente tem a garantia da American Pisos, uma empresa com know-how, treinada pelo fabricante”, explica Luiz Carlos Cavalcante Gomes, diretor comercial da American Pisos. Conforme a linha de produto escolhida, a garantia do fabricante vai de 5 a 10 anos. Já a instalação tem garantia de um ano. Os pisos vinílicos podem ser instalados com sucesso em brinquedotecas, quadras cobertas, escritórios, bicicletários e outros espaços cobertos da escola. A American Pisos dispõe de toda a linha da Fademac: Paviflex, em placas de 30 x 30 cm ou 60 x 60 cm, ou pisos em mantas, nas linhas Absolute e Pavifloor. Todos oferecem grande facilidade de limpeza. Anualmente, podem receber aplicação de resina para restaurar o brilho e manter a aparência de piso novo.

Segundo Gomes, na grande maioria dos casos é possível instalar o piso vinílico sobre o piso já existente. “Regularizamos o piso com um preparado a base de massa cimentícia. Se a base não estiver boa, o resultado do piso colocado não será satisfatório”, adverte. Nos casos de tacos de madeira ou pisos de ardósia em mau estado, é recomendável retirar o piso existente para a instalação do novo piso vinílico. Economizar na instalação também não é uma boa pedida. Gomes comenta que o cliente, na busca pela economia, muitas vezes compra o produto e solicita a instalação a um pedreiro. “O piso vinílico deve ser instalado por mão-de-obra especializada. Podem ocorrer trincas e vazamentos de cola. Não vendemos nada sem antes analisar o contrapiso. Por ser um material flexível, qualquer imperfeição do piso passa para o vinílico”, conclui. Entre as vantagens da American Pisos, o diretor cita o atendimento rápido, por dispor de um estoque constante de produtos. “Temos em estoque de 15 a 20 mil metros quadradros de pisos”, garante.

Lígia Rodrigues de Lima, técnica do departamento de desenvolvimento de produtos da Ciasul, empresa especializada na venda e instalação de materiais de revestimentos, recomenda para áreas escolares pisos com espessuras de 2 mm ou 3,2 mm.. Lígia cita a importância de um bom contrapiso para a instalação dos produtos. “O piso vinílico pode até ser colado sobre um piso já existente, como cerâmica, mas sempre passamos uma camada de PVA, para garantir que a base fique lisa e que possíveis defeitos não sejam fotografados pelo piso vinílico. Porém, o PVA não cobre buracos. No caso de contrapisos arenosos, com buracos, a escola deve providenciar sua remoção e um contrapiso novo. O piso vinílico também não pode ser colado sobre pisos pintados. Nesse caso é preciso tratar a base primeiro”, explica.

A Ciasul trabalha com os pisos vinílicos da Fademac. Entre as vantagens do material, Lígia cita a rapidez da instalação, a possibilidade de misturar cores e fazer desenhos no piso (por exemplo, o logotipo da escola), e a facilidade da limpeza. Em áreas de grande tráfego, Lígia recomenda um tratamento no piso a cada seis meses para dar um acabamento brilhante. Já a linha de mantas Absolute possui uma película de PUR (poliuretano reforçado), que facilita a limpeza. A técnica da Ciasul cita ainda o Linoleum, piso ecologicamente correto da Fademac, outra boa opção para pisos de escolas: composto de farinha de madeira, resina de pinheiro, óleo de linhaça e pigmentos naturais, calandrado em duas camadas homogêneas sobre base de juta e proteção acrílica dupla “Topshield” em sua camada de uso, o piso oferece fácil manutenção e grande durabilidade.

A Ciasul possui uma equipe de vendedores, inclusive arquitetos, que podem auxiliar o cliente na escolha do projeto do piso. Conforme Lígia, é possível misturar diversas linhas do Paviflex, fazendo a melhor composição de desenho. No caso de dúvidas em relação ao contrapiso, a Ciasul pode até solicitar a visita de um técnico da Fademac ao local. A empresa instala também os pisos pastilhados, com cola ou argamassa, em áreas externas, e o piso tátil utilizado para orientação de deficientes visuais.

A escola pode ainda fazer uma escolha ecológica para o piso de suas instalações. A Forbo oferece pisos de linóleo, fabricados com matérias-primas naturais e renováveis. “O Marmoleum é um produto que vai de encontro à sustentabilidade, à onda verdade que as escolas estão passando para as crianças”, admite Walter Gianfaldoni, gerente geral da Forbo, grupo suíço com mais de 100 anos de experiência na fabricação de pisos, entre vinílicos, acústicos e antiderrapantes, e desde 1993 presente no Brasil. Segundo Gianfaldoni, a Forbo oferece às escolas brasileiras a mesma tecnologia em pisos disponível para escolas do mundo todo. “A vantagem é que somos o fabricante no Brasil, e não apenas distribuidor”, diz.

O Marmoleum é fabricado com óleo de linhaça, resina de pinheiro, calcário, serragem de árvores recicladas, pigmentos ecológicos, livres de metais pesados, sobre uma base de juta. O piso não é poroso, o que evita o acúmulo de sujeira, e apresenta propriedades bacteriostáticas, que evitam a proliferação de bactérias, tornando-se ideal para espaços com alta exigência de higiene, como berçários e escolas de Educação Infantil. “Temos laudo do IPT que comprovam essa característica do piso”, sustenta Gianfaldoni, completando ainda que o piso é adesivado com cola a base de água, que não utilizam solventes em sua composição. O material tem garantia de fábrica de 10 anos, e vida útil calculada entre 25 e 40 anos.

Oferecer a melhor solução para o ambiente é a proposta da Inove Pisos, empresa especializada em materiais para revestimentos. Além dos vinílicos da Fademac, a empresa oferece o vinílico Viniflex, produto importado. Em placas de 30 por 30 cm, o material é composto por uma mistura de cargas minerais e PVC. Segundo Flávio Gomes da Silva, diretor comercial da Inove, o produto tem preço acessível e a mesma qualidade das melhores linhas nacionais. A empresa também trabalha com os principais fabricantes de carpetes nacionais, como Tabacow, São Carlos, Inylbra e Baulieu (conforme Flávio, a maior fabricante mundial de carpetes, que tem produtos específicos para áreas comerciais, de maior resistência). “Muitas pessoas ainda julgam o carpete como um revestimento de baixa resistência. Porém, o produto tem um maior desgaste quando se utiliza carpete residencial em área comercial, ou seja, quando a indicação do produto é inadequada”, diz. Flávio complementa que em escolas o carpete pode ser instalado em áreas administrativas e da direção. Por serem 100% sintéticos, os carpetes não proliferam ácaros, nem fungos e bactérias e são antialérgicos.

Outra sugestão da Inove são os pisos laminados, das marcas Duratex, Eucatex e Tafisa. Consumidos em larga escala na Europa e nos Estados Unidos, em substituição à madeira, os laminados são ecologicamente corretos, pois são fabricados com madeira de reflorestamento. Conforme o diretor da Inove, o miolo do piso laminado é composto de HDF, material a base de madeira, de alta densidade, impregnado com resinas resistentes a umidade e cupins. O acabamento superior, ou overlay, é de melamina, que confere grande resistência a riscos e desgaste. “O laminado difere totalmente do antigo carpete de madeira, que tinha acabamento envernizado com baixa resistência a riscos”, define. Flávio indica os laminados para áreas como brinquedotecas, por ser de fácil limpeza e conservar a temperatura ambiente. A empresa também trabalha com pisos de borracha, pastilhado ou liso, e grama sintética. “Toda nossa mão-de-obra é própria, por isso garantimos tanto o produto quanto a instalação. Também o nosso corpo de vendas é um diferencial da empresa, porque está habilitado a especificar o produto adequado às necessidades do ambiente”, afirma.

Se a escola está procurando o piso correto para o playground, a questão da segurança deve estar em primeiro lugar. Brinquedos instalados sobre pisos de cimento ou pedra significam grande risco para as crianças. Segundo a arquiteta Mara Cabral, designer dos produtos da Haiah Revestimentos Especiais de Borracha, o piso do playground deve ser amortecedor de impacto, antiderrapante, não tóxico, durável e de fácil manutenção. A necessidade de um piso apropriado faz parte inclusive das normas técnicas que indicam as características de um playground (NBR 14.350-1 e 14.350-2, editadas pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas). “As quedas fazem parte do aprendizado e onde há um piso de segurança é permitido brincar de verdade. Ao implantar espaços de lazer e recreação infantil, certos detalhes fazem a diferença, como conforto ao pisar ou cair”, orienta Mara. Segundo a arquiteta, nas escolas é indispensável contar com um piso de segurança que amorteça impactos e ao mesmo tempo seja antiderrapante e macio. “Essas características são o mínimo que um piso de borracha pode oferecer”, diz Mara, que é especialista no planejamento e montagem de playgrounds.

A Haiah desenvolve produtos de ecodesign  com borracha granulada colorida e atóxica, material resistente que atende as áreas externas com várias opções: o Piso S, instalado diretamente na terra, o Piso I, modelo para ser colado sobre contrapisos novos ou já existentes, e o piso em placas a partir de 40 por 40 cm com espessura a partir de 8 mm. A Haiah também é fabricante do piso tátil, utilizado para orientação de deficientes visuais. São dois modelos: o “direcional”, para orientação de percurso e o de “alerta”, para avisar a mudança da direção ou perigo.

 Cuidados com a Madeira

Pisos de madeira requerem atenção especial. A Resina Ecológica é especializada na restauração e no acabamento final de pisos de madeira. Há nove anos no mercado, a empresa trabalha com resinas a base de água (como Bona e Skania), e também com o tradicional Synteko, a base de uréia formol. Segundo Fábio Ricardo Salvador, sócio da Resina com Luciano Bibancos Rivieri, as resinas a base de água não têm cheiro, não tiram a cor original da madeira e acompanham a dilatação do piso. Já o synteko escurece em 30% a cor original da madeira, e não acompanha a dilatação da madeira, causando a quebra da calafetação com o passar do tempo. Outra vantagem das resinas a base de água é a rapidez da aplicação: entre cada demão deve ser aguardada uma hora e o piso é liberado para uso 6 horas após a aplicação da última demão (já com o synteko, o piso só é liberado depois de 4 dias).

Para diminuir os transtornos na obra, a Resina Ecológica trabalha com equipamentos importados para a raspagem da madeira, diminuindo em 80% a produção de pó. Conforme Fábio, a empresa aplica ainda acabamento em poliuretano, resina de alta resistência a abrasão. “Fazemos também outros acabamentos em pisos de madeira, como ebanização, pátina e clareamento, e instalamos pisos novos de assoalho, taco e parquet, além de reposição de tacos”, completa, frisando que a empresa prima pelo bom atendimento. A Resina Ecológica oferece ainda polimento em pisos de mármore, granito e granilite. No mármore e no granito é feita raspagem com lixas diamantadas, reestucagem, impermeabilização e cristalização, recuperando o brilho natural da pedra. No granilite, é aplicada uma resina impermeabilizante.

Serviço:

American Pisos
11-5581-0545 | 5585-0639
www.americanpisos.com.br | [email protected]

CIASUL
11-6764-5555 (só material) | 6764-5599 (obras)
www.ciasul.com.br | [email protected]

FORBO
11-5641-8228
www.forbo-linoleum.com.br | [email protected]

HAIAH PISOS ESPECIAIS DE BORRACHA
11-4051-2477
www.haiah.com.br | [email protected]

INOVE PISOS
11-3712-1377
www.inovepisos.com.br | [email protected]

RESINA ECOLÓGICA
11-5052-3733
www.resinaecologica.com.br | [email protected]

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados