fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Grupo IBEP Educação se une à Rosetta Stone e lança produto para escolas

O objetivo é transformar o ensino de idiomas praticado na educação básica através de um software vencedor de prêmios nos Estados Unidos e Inglaterra

A partir de agora, escolas públicas e privadas em todo o Brasil poderão oferecer aos seus alunos cursos de inglês, espanhol e outros 28 idiomas com a mesma qualidade das instituições de ensino especializadas, utilizando um produto que combina recursos multimídia de ponta com materiais impressos e digitais. A solução inovadora é fruto de uma parceria que acaba de ser firmada entre o Grupo IBEP Educação e a empresa norte-americana Rosetta Stone, líder mundial em soluções tecnológicas para o ensino de idiomas. Essa é a primeira vez que uma empresa genuinamente brasileira especializada em educação se associa a um reconhecido software de ensino de línguas. No Brasil, o IBEP terá contrato de exclusividade para comercializar o produto com escolas de educação básica por três anos.

Com o novo negócio, o IBEP espera transformar o ensino de idiomas nas escolas brasileiras já que os alunos vão aprender a pensar e interagir, tudo na língua que estão estudando, sem tradução. O método ainda combina imagens, intuição, interatividade e instrução, além de possuir uma inovadora ferramenta de reconhecimento de voz. O objetivo deste programa é fazer com que os alunos aprendam o novo idioma da mesma maneira como aprenderam a falar seu idioma materno. “Queremos oferecer um novo jeito de aprender idiomas nas escolas brasileiras. Os alunos querem aprender utilizando recursos digitais e este será um importante aliado dos professores em sala de aula”, explica Jorge Yunes, diretor-presidente do Grupo IBEP Educação. Os professores também terão atenção especial e contam com um sistema de geração de relatórios pelo qual acompanham os pontos fortes e fracos dos estudantes, podendo fazer intervenções dirigidas em sala de aula. 

Segundo Milton Isidro, Diretor Geral da Rosetta Stone Brasil, a parceria com o Grupo IBEP inaugura a atuação da companhia nos ensinos fundamental e médio do mercado brasileiro. “Já temos vários casos de sucesso em outros países e o Brasil conta com mais de 50 milhões de alunos destes níveis. Acreditamos ser uma excelente oportunidade de aprendizado para estes estudantes, principalmente porque a Rosetta Stone oferece uma solução digital totalmente inovadora, disponível em 30 idiomas, capaz de ajudar os professores e proporcionar um alto desempenho no aprendizado do aluno. Afinal, ter uma segunda língua é essencial e quanto mais cedo houver este incentivo, melhor para o desenvolvimento do aluno”, afirma. 

Valorização do professor

Gestor do projeto que viabiliza a aplicação do produto da Rosetta Stone nas escolas de educação básica do Brasil, o jornalista e historiador Pedro Cunha ressalta que a solução oferecida vai muito além de um simples curso online. “Não se trata de educação a distância, pelo contrário. É um tipo de educação adaptativa que utiliza tecnologia de ponta para valorizar o papel do professor”, acrescenta.

Responsável pelo desenvolvimento de conteúdos educacionais digitais do Grupo IBEP Educação há cerca de quatro anos, Cunha avalia que o produto transformará o ensino de idiomas nas escolas brasileiras. Na solução formatada, os alunos recebem conteúdos relacionados às quatro habilidades básicas de aprendizagem de línguas estrangeiras – fala, compreensão oral, leitura e escrita – em um processo de imersão, podendo aprimorar seus conhecimentos de forma autônoma e lúdica com a ferramenta multimídia. 

Já os professores, contam com um sistema de geração de relatórios pelo qual acompanham quais são as deficiências de cada estudante, podendo fazer intervenções dirigidas em sala de aula. O processo é completo com materiais impressos ou em PDF que permitem aos educadores planejar atividades individuais ou dinâmicas de grupo enriquecedoras, baseadas na teoria das inteligências múltiplas.

Sobre o Grupo IBEP Educação – Um dos principais grupos editoriais do Brasil, o IBEP é formado por quatro editoras: o Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas, a Companhia Editora Nacional ,  a Conrad Editora e a Base Editorial. Sua atuação tem abrangência nacional, contando com filiais em importantes capitais brasileiras. O IBEP foi fundado em 1965, inovando nos anos seguintes com o uso pioneiro de ilustrações e histórias em quadrinhos nos livros didáticos e a aplicação de duas e quatro cores nas publicações educacionais. Atualmente, o IBEP é continua se renovando com o lançamento de novos produtos impressos e digitais.

Sobre a Resetta Stone – A Rosetta Stone é uma multinacional americana líder mundial em soluções tecnológicas para o aprendizado de idiomas.  As técnicas de ensino desenvolvidas e patenteadas pela companhia – aclamadas por seu poder de desbloquear a capacidade natural de aprendizado de idiomas – são utilizadas por 22 mil instituições de ensino, 12 mil empresas, 9 mil organizações governamentais e   milhões de pessoas em todo o mundo. A Rosetta Stone oferece cursos em 30 idiomas, dos mais comumente falados (como inglês, espanhol, português e mandarim) aos menos frequentes (incluindo suaíli, sueco e tagalog). A empresa foi fundada em 1992, sobre os preceitos fundamentais de que aprender a falar um idioma deve ser um processo natural e instintivo, bem como que a tecnologia interativa pode ser usada poderosamente como forma de ativação do método de imersão em idiomas para aprendizes de qualquer idade.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!