fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Inclusão social é ferramenta para o desenvolvimento cognitivo dos portadores da síndrome de down

Especialistas da área de saúde recomendam que uma criança com síndrome de Down frequente o ensino regular. O Ministério da Educação também veda a criação de cotas. No entanto, segundo matéria divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, no último dia 15 de março, a matrícula de crianças com Down na rede particular de ensino divide opiniões. Algumas escolas desencorajam os pais e recomendam a procura de instituições especializadas.

Para o Grupo Prepara, maior rede de cursos profissionalizantes do país, a inserção do aluno com síndrome de Down é uma realidade. A rede Ensina Mais, que faz parte do grupo e oferece complemento escolar nas disciplinas de português, matemática, inglês e informática para estudantes do Ensino Fundamental, atende regularmente crianças portadoras da síndrome de Down e os resultados vêm sendo surpreendentes. “Não existe distinção de turmas, a intenção é justamente estimular o relacionamento interpessoal entre todos os alunos, para que todos possam desenvolver as suas habilidades e talentos”, pontuou Sérgio Fernandes, diretora da Ensina Mais Vila Curuçá- Velha, em São Paulo, que possui quatro alunos com Down em seu quadro, há exatos dois anos.

 “No conteúdo aplicado são oferecidos jogos interativos que estimulam o desenvolvimento cognitivo, a fala e a linguagem, a percepção auditiva e visual, a concentração, a memória e outras capacidades do Down, além de atividades escritas e práticas para fixar na memória os aprendizados da sala de aula”, explica Sérgio.

 Segundo o diretor, estes alunos já conquistaram um desenvolvimento que superou as expectativas dos pais e professores. Com 21 anos de idade, Lucas S. não se adaptou ao modelo do ensino regular. Além das dificuldades no aprendizado, o estudante não conquistou amizades. Quando chegou na Ensina Mais, o jovem não entendia as letras do alfabeto e as operações matemáticas. “Hoje, Lucas lê com eficácia, forma frases e faz operações de adição e subtração. Além de seu desenvolvimento intelectual, o aluno conquistou seu próprio rol de amigos e se sente amado e aceito pelos colegas”, comemora o diretor.

 “Acompanhar o processo de desenvolvimento destes alunos e poder cooperar de alguma forma para que eles sejam incluídos de maneira justa na sociedade é extremamente satisfatório. A cada conquista diária batemos palmas e parabenizamos essa turma que mudou a minha vida”, destaca Sérgio.

 

Sobre a Ensina Mais

Franquia do Grupo Prepara, que atua há 10 anos no mercado de educação brasileiro, a Ensina Mais oferece cursos de português, matemática e inglês para alunos do Ensino Fundamental I e II.

A rede surgiu em 2012 da necessidade de melhoria na educação de base das crianças e jovens brasileiros, que chegam hoje ao ensino médio com desempenho muito aquém do necessário para ingressar em uma boa universidade e trilhar, assim, uma carreira promissora.

Sua metodologia inovadora oferece aprendizagem individual especializada, com utilização de recursos tecnológicos, aulas totalmente interativas, dinâmicas e de alta qualidade, visando o desenvolvimento das estruturas cognitivas da criança.

A Ensina Mais trouxe para o mercado de complemento escolar um grande diferencial, propondo um aprendizado até 50% maior por saber se comunicar na mesma linguagem desta nova geração. A rede conta atualmente com mais de 200 franqueados em todo o país.

www.ensinamais.com.br

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados