fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Khan Academy lança programa para potencializar o planejamento pedagógico de professores

Com o retorno do início das aulas em 2022, a organização americana sem fins lucrativos Khan Academy, que opera no Brasil desde 2013 em parceria com a Fundação Lemann, lança gratuitamente o Khan Academy Experts para professores que atuam no Brasil

Com uma trilha formativa que possibilita diferentes propostas para a reflexão, o projeto gratuito intitulado Khan Academy Experts tem como objetivo formar os/as educadores em especialistas em recursos digitais, com foco no planejamento pedagógico. O programa terá duração de 12 semanas, com início em 4 de abril, e as vagas são limitadas. As inscrições estão abertas até o dia 31 de março por meio deste link e os professores selecionados serão divulgados até 1 de abril. 

O programa é voltado para professores/as de Matemática, Ciências, Língua Portuguesa e Laboratório de Informática. Mas, também é receptivo para aqueles/as que tenham interesse em participar de uma comunidade de práticas digitais e queiram explorar novas estratégias e possibilidades pedagógicas. Durante o período de aprendizado, os participantes terão acesso: desenvolvimento profissional com sessões quinzenais ao vivo e recursos extras; conteúdo focado em estratégias pedagógicas para a recomposição das aprendizagens, incluindo recursos da Khan; atividades práticas para a implementação em sala de aula; comunidade de práticas para trocar experiências e proporcionar aprendizado e apoio mútuos; reconhecimento público por conquistas em compartilhamentos durante sessões de treinamento e postagens de professores no blog da Khan Academy; e certificado de conclusão do programa com carga horária de 40 horas.

“A implementação das plataformas deve ser de forma simples e didática. A tecnologia deve ser intuitiva e com suporte para que o melhor seja extraído pelo professor. Assim, professores tiram o máximo potencial que o recurso oferece aos alunos”, diz Paulo Bellé, um dos porta-vozes da Khan Academy no Brasil. A iniciativa tem o objetivo de democratizar o acesso à educação de qualidade e gratuita no país.  A Khan leva ensino mediado por tecnologia para mais de 123 milhões de alunos no mundo e opera nacionalmente por meio de parcerias com Secretarias de Educação e professores independentes. Registra mais de 5,6 milhões de usuários, sendo 5,1 milhões apenas estudantes. O aumento de acessos na plataforma foi de mais de 300% nos últimos anos e a tendência é potencializar ainda mais esse crescimento, tendo em vista que as escolas usam os conteúdos como reforço das aulas também no ambiente escolar.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados