Guia para Gestores de Escolas

Lide melhor com suas emoções neste ano letivo

Certamente, após o recesso, voltamos com um fôlego a mais para vivenciar o ano letivo que se inicia. Trata-se de uma grande disposição em querer seguir planejamentos, atingir metas e transmitir o conhecimento da melhor forma possível. No entanto, os desafios e as adversidades que surgem no caminho podem atrapalhar a sua performance, caso não tenha estratégias para lidar com suas emoções.

Ainda que os possíveis problemas surjam no âmbito pessoal, as emoções trazidas por eles acabam influenciando no trabalho, por isso é tão importante saber lidar com as emoções de forma geral e obter equilíbrio nas mais diferentes áreas da vida.

Para isso, é necessário ter ferramentas que permitam filtrar, compreender e equilibrar as emoções limitantes e destrutivas a fim de saber administrá-las e manter o equilíbrio nas situações desafiadoras de mudanças, de ansiedade ou estresse.

Se com você ainda não aconteceu, provavelmente conhece alguém que já deixou boas oportunidades passarem justamente por não saber lidar com as emoções. E, para não correr esse risco e aproveitar da maneira mais sublime o seu novo ano profissional, compartilho com você quatro dicas para aprender a lidar com as suas emoções de forma mais harmônica:

Tenha momentos de reflexão

Somos responsáveis por nossa própria experiência e a vida é um reflexo do que está em nossa mente. Por isso, é preciso dedicar um tempo para fazer uma auto-observação daquilo que pensamos e sentimos. Saber lidar com as próprias emoções é um processo de autoconhecimento, de autoconsciência e de autopercepção.

Liberte-se de sentimentos dolorosos

A maioria das pessoas, normalmente, deixa que os acontecimentos limitantes do passado continuem machucando e interferindo no presente. Libertar sentimentos dolorosos e perdoar mágoas e decepções são atitudes que promovem o equilíbrio emocional para realizar plenamente seus objetivos.

Tudo bem não estar tudo bem

Muitas vezes, as pessoas ficam esperando ter uma carreira perfeita, livre de problemas, para então agir e ir ao encontro dos seus objetivos. Não dá para esperar que tudo esteja bem para ser feliz. Variáveis sempre acontecem no caminho e precisamos aprender a manter um estado interno equilibrado independentemente dos acontecimentos externos.

A meditação contribui para alcançar um equilíbrio no estado interior, pois por meio dela se atinge uma concentração intensa e automática, criando uma sensação interna de confiança e motivação. Com a concentração, meditação e autorreflexão, pode-se atingir um nível de autoconsciência que possibilita direcionar os pensamentos e, consequentemente, as emoções.

Encontre um apoio

Lembre-se de cuidar das amizades e dos relacionamentos. Seja com aqueles que trabalham diretamente com você ou que tenha pouco contato, com os alunos, os pais, a coordenação etc. Não se isole! As pesquisas demostram que o suporte social ajuda a controlar a ansiedade, as pressões e as emoções limitantes.

O desafio do ser humano é equilibrar as emoções, estar centrado nos momentos de turbulência, de desânimo e encontrar sua natureza mais profunda e verdadeira. É isso que faz a diferença no nosso caminho para a conquista dos objetivos, para colocarmos em prática todo o nosso potencial, redirecionar o foco, as escolhas, e abrir a mente e o coração para as ricas oportunidades da vida, conquistando os resultados desejados e a autorrealização.

Excelente 2019 para você, caro(a) amigo(a) educador(a)!

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!