fbpx
Guia para Gestores de Escolas

O melhor caminho para uma admissão segura

Uma das principais rotinas do departamento pessoal é a gestão da documentação dos admitidos, como contratos para admissão, termos com as regras internas da escola, real controle de ponto, exame admissional e cumprimento das exigências do E-social e Ministério do Trabalho.

Trago a reflexão de que se faz necessário seguir alguns critérios para reduzir as chances de problemas trabalhistas futuros, e por isso a participação do contador com uma experiência multidisciplinar pode contribuir para minimizar estes riscos!

Partamos do princípio de que o momento da contratação é um dos mais importante para a relação entre o Gestor e o empregado, afinal, toda relação de serviço deve ser marcada pelo contrato que vai oficializar o acordo entre as partes; seja ele contratos por CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), prestador de serviços, profissional autônomo ou até mesmo jovem aprendiz e estagiário. Mas o que fazer em um cenário onde todas as questões estão relacionadas com as extensas leis trabalhistas; como também a convenção coletiva que acaba tendo uma interpretação inadequada; no meio do caminho muitas pessoas falam coisas que podem interferir no posicionamento que temos que firmar, e logo vem aquela dúvida: quem está certo, afinal? E não é só isso! Às vezes, por achar que a situação é a mesma, faço um copie e cole de um contrato e quando vejo estou copiando bases legais que mesmo com o contrato não tem valor por fugir das normas trabalhistas.

Outros desafios que aparecem relacionados a contratação é que toda vez que recebemos alguém, que agora está nos conhecendo, é importante que entenda: o funcionamento daquele local, o que é importante transmitir como informação para que desenvolva do meu modo determinada tarefa, como manter o colaborador em desenvolvimento constante e garantir que a sua missão esteja garantida nos braços daquele que de alguma forma irá representar VOCÊ.

Pois é, o que acredito é que nada melhor do que nós fazermos o que gostamos e ter apoio de quem sabe com o que se precisa, sem passar por aventureiros ou esperar uma eternidade para se ter uma posição de qual caminho seguir, colocando em risco o trabalho muitas vezes de uma vida, relacionando também o tempo, os gastos, as expectativas criadas, e a própria inteligência emocional!

É claro que não estamos falando de pessoas perfeitas, sabemos que é natural cometer erros, mas encontrar quem os assuma e arque com as consequências é bem difícil!

Mas eu quero te dar algumas dicas para facilitar o seu dia a dia. E hoje abordarei como escolher o melhor período para contrato de trabalho x sua necessidade.

Preparados? Vamos lá!

Contrato por prazo indeterminado

Este é o tradicional, usado quando seu objetivo é manter sem prazo um determinado cargo, cuja função é essencial no desenvolvimento do trabalho.

Temos a possibilidade de experienciar o profissional, por isso junto deste contrato é importante você ter o prazo entre 30 e 90 dias iniciais, para caso não tenha a adaptação daquele colaborador, você possa dispensá-lo sem ter que arcar com o aviso prévio e a multa dos 40%.

Por prazo determinado

Usado nos casos de tarefas com prazos definidos, quando não se tem certeza se aquele cargo será necessário, ou substituição de licenças maternidade ou por doença. A regra básica é estabelecida no contrato e este não pode ultrapassar o período de 2 anos.

Temporário

Esse tipo de contrato é usado para atender uma demanda específica por um período também específico.

Menor e Jovem Aprendiz

Estudantes entre 14 e 24 anos podem ser contratados por no máximo 2 anos em horários reduzidos.

Estágio remunerado

Este aqui vamos iniciar falando do termo de compromisso de estágio. Sem ele você não oficializa a contratação e não pode ser qualquer termo; deve, inclusive, ser assinado pela empresa, pelo estagiário e pela instituição de ensino.

Como este contrato não segue a CLT, a empresa pode basear o valor a pagar conforme o mercado ou até mesmo o nível de desenvolvimento, lembrando que estará contribuindo para o aprendizado deste aluno.

Confira algumas etapas para efetuar uma contratação com êxito:

  1. Seleção (você pode publicar de forma online em agências, como também buscar agências de emprego na sua região. Disponibilize para a agência informações sobre a cultura de sua empresa, e até mesmo informações importantes para buscarem o candidato);
  2. Após escolher, certifique-se do checklist dos documentos que você precisa receber para registrá-lo;
  3. Faça o registro;
  4. Faça a integração deste colaborador pessoalmente ou por alguém que vá transferir as atividades que devem ser realizadas e a cultura da empresa, apresente seus ambientes e conte sobre sua história; se usar algum sistema, não esqueça de oferecer o treinamento;

Contabilidades especializadas em escolas têm apoiado neste processo para que todas as etapas acima mencionadas sejam concretizadas, inclusive com a execução por parte da contabilidade, dando mais seriedade no processo e segurança na informação, já que tecnicamente o funcionário recebe a instrução do contador, as relações fluem melhor e, além disso, você divide responsabilidades!

Baixe aqui o checklist GRATUITAMENTE

ou acesse o nosso site: www.grupokeeper.com.br

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados