fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Raio X da inclusão escolar no Brasil

  1. População de 4 a 17 anos com deficiência no Brasil: 2.480.074 (Fonte: IBGE Pnad 2009)
  2. Total de crianças e jovens com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação matriculados em escolas públicas e privadas: 702.603.

Crescimento de 10% em relação a 2009, quando o número era 639.718. (Fonte: Censo Escolar 2010 – INEP)

  1. Em 2010, 85.090 escolas comuns brasileiras (públicas e privadas) tinham matrículas de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação. (Fonte: MEC, 2010)
  2. Do total de crianças e jovens com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação matriculados nas escolas, 75,8% estão na rede pública e 24,2% na rede privada.

Fonte: Censo Escolar 2010 – INEP

Compilação das informações: Instituto Rodrigo Mendes

Mais informações:
www.diversa.org.br

[email protected]


Necessidades diferenciadas com mais demandas junto às escolas

A) Dificuldades de aprendizagem decorrentes de inteligência mediana ou acima da média, sem problemas emocionais ou motores sérios;

B) Hiperatividade e desatenção resultantes das dificuldades de aprendizagem;

C) Deficiências perceptivas, tais como inverter letras como “b” e “d” ou palavras, até aproximadamente sete anos;

D) Dislexia: ela raramente é encontrada de forma isolada. As dificuldades severas para ler e escrever corretamente a língua falada encontram-se associadas a distúrbios de memória, de memória para sequência, orientação esquerda-direita, orientação temporal, imagem corporal, escrita e soletração, distúrbios topográficos e distúrbios no padrão motor.

Fonte: Magali Bussab (Pedagoga, mestre e doutora em Educação Especial pela Universidade de São Paulo, ex-coordenadora pedagógica da Associação para o Desenvolvimento Integral do Down – Adid). Mais informações: [email protected]

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados