fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Software de gestão: Solução tecnológica para o cotidiano escolar

A tecnologia é, certamente, um dos fenômenos que ganha cada vez mais notoriedade na atualidade. Conexões, aplicativos e ferramentas digitais são palavras-chave que adentraram em todos os espaços nos últimos anos, demonstrando uma crescente reorganização no cotidiano – nas relações pessoais, profissionais e, principalmente, na multiplicidade de ferramentas facilitadoras que auxiliam todos os campos de trabalho.

A era da mobilidade tecnológica, que engloba uma extensa lista de facilidades, entretenimentos, funcionalidades e serviços, são encontradas em salas de reuniões empresariais, grupo de jovens, escolas especializadas, bem como na imersão em práticas pedagógicas de sucesso, em sistemas administrativos, financeiros e com ênfase na gestão educacional – como em ferramentas e softwares.

Felipe Ferreira Góes, CEO de um sistema de gestão escolar on-line, nos conta que, a partir de sua experiência de mais de 10 anos no setor, percebeu que as escolas possuem muitos desafios, como desorganizações de documento e do setor financeiro, dificuldade com a gestão dos arquivos e, também, no gerenciamento de informações pedagógica e acadêmica, como boletins, diários, frequências e atividades – informações que, em muitas instituições de ensino, ainda são realizadas manualmente.

“Um software de gestão resolve exatamente esses desafios! Por meio de um sistema de gestão escolar, você automatiza os processos pedagógicos, acadêmicos, de secretaria e financeiro. Economiza com o uso do papel e mantém as informações seguras em um banco de dados na nuvem”, diz Góes, que complementa: “É possível, também, reduzir a inadimplência nos pagamentos, aumentar a satisfação de responsáveis e colaboradores, aumentar a margem de lucro, diminuir gastos com tarifas bancárias, aumentar a retenção de alunos, e muito mais”.

Assim, o CEO revela algumas dicas que podem auxiliar as escolas que anseiam em contratar os softwares específicos para o ambiente escolar: a principal dica, diz Góes, é buscar empresas ou profissionais com vasta experiência em tecnologias remotas/on-line para a educação e processos educacionais. E, para além da escolha da empresa e/ou software, um ponto de atenção para o/a gestor/a nesse processo é a implementação do serviço tecnológico, que deve ser acompanhado pelo menos por um técnico responsável pela escola.

“Geralmente as escolas indicam um profissional para homologar as informações pedagógicas e documentos acadêmicos e outro profissional para homologar as informações financeiras e de planos de pagamento. Esse processo de acompanhamento e homologação é fundamental para garantir que o início da utilização do novo software aconteça da melhor forma possível”, explica Góes.

Dessa forma, os principais pontos de atenção durante um processo de configuração de um software de gestão são: cursos, séries e matriz curricular; critérios avaliativos por segmento; contas bancárias e homologação de boletos; documentos acadêmicos (boletim, ata, histórico, etc.); bolsas de estudo; planos de pagamento, centro de custos, multas e juros. Com essas dicas, a contratação e a implementação dos serviços tecnológicos ocorrem de maneira satisfatória, garantindo, assim, facilidades e processos digitais eficientes no cotidiano escolar. (RP)

Saiba mais:
Felipe Ferreira Góes – [email protected]

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!