fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Você já ouviu falar do conceito lifelong learning?

Por Claudia Vicentine

A sua escola entende a formação como um processo contínuo para obter habilidades e conhecimentos ininterruptamente, ou seja, ao longo da vida toda?

Temos ouvido falar deste termo, que emprestamos do inglês lifelong learning, para evidenciar que estamos sempre aprendendo algo ao longo da nossa vida. Particularmente, costumo dizer que só deixamos de aprender quando, finalmente, fechamos nossos olhos para sempre.

Na verdade, o grande objetivo deste processo é estimular as pessoas a buscarem sempre novos temas e interesses para se aprofundarem por meio das novas experiências. Inicialmente, quando estamos no período escolar, estudamos infinitos assuntos com o objetivo de desenvolvermos certas habilidades para a vida futura. Ao chegarmos à vida adulta, podemos e devemos escolher assuntos para que, de uma forma muito pessoal, continuemos aprendendo, mesmo porque o mundo profissional pede e valoriza isso.

Quatro pilares embasam a teoria do lifelong learning, aliás podemos dizer que esta filosofia ancora toda a perspectiva da Educação no século XXI. Vejamos quais são eles:

  • Aprender a conhecer: visa ensinar a pensar e adquirir novos conhecimentos, mas de uma forma crítica, ou seja, a pessoa reflete sobre algo e toma uma posição frente aos inúmeros contextos existente. Falamos de autonomia.
  • Aprender a fazer: além da qualificação, os profissionais de hoje precisam ter e demonstrar outras habilidades, inclusive aquelas de capacidade socioemocional para encarar certas situações desafiadoras do mundo do trabalho.
  • Aprender a conviver: relaciona-se diretamente ao “talento” que cada um tem de estabelecer vínculos, interagir com o outro na sociedade e gerenciar conflitos, lembrando que podemos aprender muito com os outros indivíduos.
  • Aprender a ser: o processo da aprendizagem almeja desenvolver o indivíduo como um todo, estimulando as potencialidades, como sensibilidade, ética, criatividade, iniciativa, comunicação, imaginação, pensamentos autônomo e crítico, entre outros.

Quais são os proveitos que podemos obter por meio da lifelong learning?

  • Você sabia que a melhor forma de aprender é ensinando? Isso mesmo! Então, compartilhe sempre.
  • “Cuca aberta”. Quer dizer, estar aberto para todas as novidades, isso inclusive pode propiciar a INOVAÇÃO.
  • Leitura. Aliás, saia do convencional lendo outros temas. Leia o diferente.
  • Marketing pessoal. Cuide da sua imagem pessoal e profissional.
  • Escolha cursos que tragam prazer e que agreguem trazendo novas possiblidades.
  • Amplie seu círculo de amizades conhecendo “gente nova”, pois isso também gera aprendizados novos.
  • Adote uma postura “mão na massa”, ou seja, coloque em prática seus conhecimentos.
  • Ahhh! Não pare nunca de buscar novidades! Afinal, o mundo não para nunca e novidades surgem a cada minuto…

Não fique para trás, mantenha-se em movimento constante, leia, leia muito, leia temas diferentes, pesquise, converse, compartilhe e, acima de tudo, PERMITA-SE! Agora ficou mais claro o que é lifelong learning e quais são os seus benefícios?

Sobre Claudia Vicentine
Assessora pedagógica no SAE Digital, administradora, professora e pedagoga com mais de 30 anos de experiência na área educacional. Mestre e doutora em administração tendo como foco Marketing Educacional e Responsabilidade Social. Desenvolve projetos pedagógicos, facilita capacitações na área educacional e elabora materiais pedagógicos para a educação básica.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!