Guia para Gestores de Escolas

Aprendizagem Ativa – Parte 2 (Flipped classroom e Blended learning)

Continuaremos a falar sobre modelos de aprendizagem ativa que são utilizados em instituições de ensino com grande sucesso, já falamos da Instrução por pares e Aprendizagem baseada em projetos, neste artigo abordaremos a sala de aula invertida (flipped classroom) e o ensino híbrido (Blended learning).

A aula expositiva tradicional é um modelo que precisa de uma boa reflexão, pois o estudante não interage com a sociedade e não consegue desenvolver as competências e autonomias necessárias para o século XXI, já os nativos digitais conseguem circular no mundo virtual, entendem a importância da segunda língua, amam videogames e esportes, estão “conectados” e a Internet é sua principal fonte de entretenimento.

A “Aprendizagem Ativa” compreende um conjunto de práticas pedagógicas que abordam as questões da aprendizagem, entende-se que nestes modelos o aluno não terá uma postura passiva (métodos tradicionais), mas deverá ter uma postura ativa na aquisição do conhecimento. Nestes modelos ele aprende agindo, pois é necessário analisar, criticar, desenvolver seu raciocínio e habilidades de interação em grupo.

No caso do professor ele irá tirar o foco do ensino para pensar na aprendizagem, para que isto aconteça a aula deve ser planejada, pois cada estudante aprende de uma maneira diferente, assim sendo, cada aula é uma vivência nova para o mestre e são criados espaços para a criatividade, motivação, raciocínio lógico e interação com outros alunos. Estamos falando de uma forma de aprender integral onde a vivência de cada estudante passa a ser valorizada e permite aumentar sua compreensão da sociedade e do mundo em que vive.

Nestas metodologias é possível aprender de forma divertida, a construção do conhecimento envolve o grupo, ou seja, a aprendizagem será baseada em equipe e em problemas.

No modelo de Sala de Aula Invertida (flipped classroom) os alunos são incentivados a buscar conhecimento de forma mais autônoma, o espaço da sala de aula será mesclado com ambientes digitais, o conteúdo de cada disciplina fica disponível online numa plataforma digital que pode ser acessada a qualquer momento, estes materiais podem ser vídeos (aulas sobre o tema), jogos educativos, exercícios, apostilas, livros, artigos, contos, etc. O aluno pode assistir aos vídeos quantas vezes ele tiver interesse, o conteúdo é assimilado em casa, dessa forma, na aula expositiva serão trabalhadas as dúvidas, novas ideias, críticas, debates, enriquecendo o conteúdo já estudado. Haverá então uma interação entre a prática supervisionada pelo professor e os conteúdos estudados fora da escola.

Os pontos positivos desse modelo permitem que o estudante exercite a curiosidade intelectual, a investigação, a criatividade, análise crítica e discussão em grupo. O espaço de sala de aula passa a ser colaborativo e o professor será o orientador, interventor e mediador, sem falar na escuta ativa, ele se aproxima de seus estudantes e vivencia cada aula como um momento único.

O ensino híbrido (Blended learning) é composto de forma estratégica unindo a forma tradicional (expositiva) com plataformas online, em outras palavras, oferece a integração das tecnologias digitais ao ensino. Blended significa misturado (flexível), o estudante terá o material de consulta online e atividades supervisionadas pelo professor.  O espaço da sala de aula é utilizado para trabalhar os conteúdos, realizar exercícios e resolução de problemas, discussão em pequenos grupos e outras atividades propostas pelo mestre.

O aluno poderá se conectar e usar plataformas e exercícios que são monitorados pelo professor, estas respostas são avaliadas e o mestre consegue visualizar a compreensão do tema e propor novos exercícios ou revisar o conteúdo estudado.

Vamos refletir sobre um exemplo bastante comum dessa técnica (Ensino fundamental), a sala é dividida em três estações de trabalho, cada estação possui uma atividade, a estação um irá trabalhar com jogos online(voltados ao tema estudado), a estação dois irá realizar exercícios e a estação três irá resolver um problema em grupo, o mestre é quem decide o momento de fazer a rotação até que todos os alunos tenham feito as três atividades propostas. A avaliação é constante, o mestre sabe através dos jogos online a pontuação de cada estudante, verifica o acerto nos exercícios e a sua atuação em grupo.  Este método permite uma personalização, pois o professor poderá convocar os alunos com desempenho abaixo da média para uma nova explicação da matéria, poderá propor atividades para reforçar a compreensão dos conteúdos.  Isto permite um resultado mais consistente da classe e uma supervisão muito bem direcionada do mestre.

O ensino híbrido personaliza com a tecnologia, o aluno deve utilizar a plataforma online e estudar em casa, ao mesmo tempo que participa dos trabalhos em sala de aula. O professor avalia a todo momento e tem o feedback do aluno e melhora o processo de aprendizagem, pode também avaliar constantemente suas ferramentas e selecionar as melhores. Um exemplo disso são os jogos, o aluno faz a leitura de um texto e responde as questões, isto irá gerar um resultado, o professor tem acesso aos resultados e pode realizar qualquer intervenção que achar necessária.

Nesses modelos o aluno sai da condição de ouvinte e passa a construir seu conhecimento, o engajamento na sala de aula é maior, a utilização do tempo e conhecimento do professor são otimizados, ele passa a orientar a construção do conhecimento e incentivando a busca de informação. A leitura antecipada dos assuntos melhora também a absorção dos conteúdos propostos.

A sala de aula invertida é considerada uma forma de ensino híbrido porque satisfaz a condição de incluir tecnologias digitais na aprendizagem.

Tudo que é novo traz algum tipo de insegurança, essas metodologias são utilizadas há anos nos EUA e Espanha, aqui no Brasil temos várias escolas que utilizam metodologias de aprendizagem ativa com experiências muito positivas, fazendo a diferença na busca de melhores práticas pedagógicas.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
Fale conosco!