Guia para Gestores de Escolas

GEduc 2020 – Congresso de Gestão reuniu profissionais renomados para debater a disrupção na educação

Por Rafael Pinheiro / Imagem Divulgação

Diante da pandemia causada pela Covid-19 em escala mundial, diversos eventos, encontros, fóruns e congressos foram suspensos presencialmente e realocados em plataformas digitais. No circuito dos principais eventos educacionais, o GEduc – Congresso Brasileiro de Gestão Educacional – realizado tradicionalmente no primeiro semestre de cada ano, foi transformado em uma jornada on-line de cinco dias com o intuito de refletir sobre os desafios educacionais, suas transformações, inovações e disrupções.

Realizado pela HUMUS, consultoria que há mais de 25 anos desenvolve capacitações e serviços para o aperfeiçoamento de gestores educacionais, entre os dias 27 e 31 de julho, a 18ª edição do GEduc reuniu mais de 600 profissionais de educação e promoveu interessantes reflexões sobre tecnologia, educação básica/técnica, ensino superior, EAD, líderes educacionais, gestão de pessoas, marketing educacional, fórum edtech, governança corporativa, além de colóquios e workshops.

Para Sonia Colombo, diretora da HUMUS, realizar o GEduc 2020 de forma on-line foi um grande desafio, “pois tivemos uma semana em período integral 100% ao vivo pela internet”. “Tivemos um grande engajamento dos palestrantes e do público, e oferecemos um conteúdo muito atrelado ao momento que estamos vivendo, então o tema ‘Disrupção na Educação: venha para o futuro’ foi algo totalmente integrado aos nossos desafios da atualidade”, ressalta.

EDUCAÇÃO DIGITAL

Entre os temas abordados ao longo do evento, o ensino a distância pontuou alguns painéis e discussões. O futurista Tiago Mattos, em uma palestra magna, reforçou que “é preciso pensar na educação digital para o futuro e não apenas na digitalização do que já existe”. Para complementar essa ideia, Ronaldo Oliveira, Channel Manager da Amazon Web Services, abordou o cenário de inovação e a importância das atualizações das instituições: “A pandemia trouxe a transformação digital para as instituições que não estavam preparadas para isso antes; as escolas não podem se ver fora do mundo da tecnologia, pois estamos todos interligados”, aponta.

O jornalista Caco Barcellos, em sua exposição, abordou os desafios da nova educação na formação de jovens empreendedores, tendo como ponto fundamental para essa preparação para o futuro, o conhecimento das diversidades e desigualdades no Brasil: “A formação do brasileiro do futuro precisa pensar no brasileiro do presente”, destacou o jornalista. O fundador da RenovaBR, Eduardo Mufarej, também destacou que a educação é a chave para a mudança no país, com líderes mais capacitados, vendo nos problemas a oportunidade de transformação.

Segundo Chaim Zaher, Diretor Presidente do Grupo SEB, a pandemia mostrou uma oportunidade de mudança na área educacional. “Acho que a dificuldade agora passa a ser uma oportunidade. É aquela história: mude antes de ser obrigado a mudar. Quem não mudou, agora é obrigado a mudar de uma maneira um pouco atrasada”, disse.

Outros palestrantes, como a futurista global Jaqueline Weigel; Marcos Teixeira Dias, Líder de Vendas MIST na Juniper Networks; o diretor científico da Digital Pages Ronaldo Mota; e BDM de Educação da LenovoBR Carolina Gomes, falaram sobre a tecnologia, ensino híbrido e inteligência artificial para a educação do futuro, inovações disruptivas que já acontecem em diferentes lugares do mundo.

PREMIAÇÃO

Durante o evento, foram anunciados os vencedores do Prêmio Nacional de Gestão Educacional – PNGE, criado com o objetivo de fomentar práticas pedagógicas inspiradoras implantadas por instituições de ensinos básico e superior. O PNGE é realizado pela HUMUS, em parceria com as entidades de classe: ABMES, FENEP, ANACEU, ANEC e ABRAFI. As práticas concorrentes são analisadas por membros de uma Comissão Avaliadora formada por especialistas em educação.

Confira as instituições premiadas nessa edição do evento:

Gestão Acadêmica

Ensino Superior: UNIVEM (Marília/SP) – Ouro; UNIFEOB (São João da Boa Vista/SP) – Prata; Faculdade Factum (Porto Alegre/RS) – Bronze.

Ensino Básico: Colégio Imperatriz Dona Leopoldina (Guarapuava/PR) – Ouro; Colégio Farroupilha (Porto Alegre/RS) – Prata; Colégio Martha Falcão (Manaus/AM) – Bronze.

Responsabilidade Social

Ensino Superior: Centro Universitário São Camilo (São Paulo/SP) – Ouro; UNIFENAS (Alfenas/MG) – Prata; UniCEUB (Brasília/DF) – Bronze.

Ensino Básico: Escola Crescimento (São Luís/MA) – Ouro; FourC Bilingual Academy (Bauru/SP) – Prata; Colégio Cruzeiro (Rio de Janeiro/RJ) – Bronze.

Gestão Administrativa

Ensino Superior: UNISUAM (Rio de Janeiro/RJ) – Ouro; Faculdade de Medicina de Campos (Campos dos Goytacazes/RJ) – Prata; Faculdade de Tecnologia Termomecânica (São Bernardo do Campo/SP) – Bronze.

Ensino Básico: Colégio Farroupilha (Porto Alegre/RS) – Ouro; Colégio Termomecânica (São Bernardo do Campo/SP) – Prata.

Saiba mais:
GEduc – www.geduc2020.com.br
PNGE – www.humus.com.br/pnge

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!