Guia para Gestores de Escolas

Geração Mulher Maravilha

1797132186-mulher

2018 será o ano das mulheres? Essa foi uma questão muito discorrida no final do ano de 2017, principalmente após a disseminação da #MeToo que expõe o assédio sexual em todo o mundo. A partir do impacto da divulgação do escândalo do produtor cinematográfico americano Harvey Weinstein, que foi acusado de abusar sexualmente algumas estrelas da televisão, a discussão da igualdade sexual e empoderamento feminino voltou à tona com cada vez mais ativistas.

O ano começou e é possível ver as mulheres cada vez mais presentes em importantes cargos nos negócios. Segundo o Sebrae as mulheres já ocupam 43,2% dos cargos de gerência em micro e pequenas empresas.

É possível ver que o empreendedorismo tem gerado uma forte onda de empoderamento e autonomia financeira. Dentre as empresárias 40% tem menos de 34 anos e estão concentradas principalmente em quatro áreas de atuação: restaurantes (16%), serviços domésticos (16%), cabeleireiros (13%) e comércio de cosméticos (9%), e muitas empreendem dentro de casa (35%).

Um ótimo exemplo de mulher empreendedora é a Mariana Silveira Ribeiro professora e proprietária da Taste n’ Learn, uma escola de idiomas com recursos inovadores, que tem como método de ensino a gastronomia. Graduada em Comunicações e Letras em Inglês e Espanhol pela San Diego State University morou 9 anos nos Estados Unidos.

Grande parte do empoderamento vem da capacidade de acreditar em si, batalhar para alcançar seus sonhos e principalmente correr os riscos necessários, sem medo de errar. Mariana viajou, estudou e iniciou sua carreira nos EUA, porém não parou por aí, em seguida, se mudou para Roma (Itália), onde viveu por dois anos estudando a língua e a gastronomia. Há dois anos, retornou para o Brasil e fez o curso de Chef Internacional pelo Senac, em São Paulo. Estagiou com renomados profissionais como Alex Atala e Viko Tangoda e atualmente fala mais de oito idiomas e é totalmente autônoma. Essa mulher pode servir como exemplo para encorajar muitas outras a seguirem seus sonhos, afinal o empoderamento feminino pode ser alcançado também através do empreendedorismo.

Outra mulher exemplo é a Silvia Taioli, que foi se aventurar na área dos esportes e se tornou a mais reconhecida e admirada jogadora de Sinuca. Foi-se o tempo que o “sexo frágil” comparecia aos bares de sinuca só para acompanhar os namorados ou por motivos sociais. A profissional se tornou campeã brasileira e tetracampeã paulista, também a única comentarista de bilhar, tanto na categoria feminino como masculino nas transmissões da ESPN Internacional no Brasil. Com o pensamento e a vontade de trazer mais mulheres para este meio se tornou instrutora de sinuca e leciona aulas em salões consagrados, além de promover, frequentemente, workshop dedicado exclusivamente ao público feminino.

Cada vez mais as mulheres vêm conquistando as diferentes áreas e mostrando que também são capazes de alcançar o sucesso com sua determinação. Estão empreendendo, na área dos esportes e também trazendo ideias e recursos de outros países para o Brasil.

Caramapple foi criada por Mariane Noda, que descobriu tradicional sobremesa americana chamada Caramel Apple que ficou famosa e hoje a loja está com as vendas disparadas. É de ideias inovadoras e feitas com carinho que o mundo dos negócios está precisando, e se tem uma coisa que a geração mulher maravilha é ótima é em não desistir e seguir com seus sonhos, e segundo a Mariane Noda “é necessário muita paciência e muita paixão.”

Muitas vezes as mulheres entram em carreiras para alcançar uma meta financeira, porém não é aquilo que elas realmente gostam de fazer. A coach Renata Tolotti passou por um processo de reinvenção de carreira, possuía um escritório de arquitetura e como a profissional diz, tomou a melhor decisão de sua vida “cheguei no meu escritório de arquitetura e arranquei a fachada”. Após essa mudança começou a trabalhar com coach e seguir seus sonhos e superar todas as dificuldades que encontrou pelo caminho. Adicionou a mentoria em seu trabalho o que mais uma vez trouxe ótimos resultados e a empresa alcançou quase meio milhão em um ano. Renata foi atrás e alcançou seus objetivos, hoje tem muito prazer na área em que atua e seu trabalho ajuda a mostrar para as pessoas que elas são capazes de ter a vida que elas merecem, com mais amor, sonhos, risos e realizações.

 

 

Imagem: ©Divulgação.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
Fale conosco!