Guia para Gestores de Escolas

Os desafios da atuação do professor

Vivemos no mundo da informação, hoje tudo pode ser compartilhado e num piscar de olhos a informação está ao alcance de milhares de pessoas. A educação também está vivenciando estas mudanças e procurando se reinventar, pensar neste novo modelo de comunicação é um grande desafio.

O professor está no centro de todas estas mudanças, surgem novas ferramentas que estão sendo incorporadas as suas práticas de ensino. Ele procura desempenhar o melhor possível seu papel na formação integral dos estudantes e utilizava até alguns anos atrás somente sua intuição, a experiência de ensaio e erro e seu conhecimento (autodidata); neste tempo foram acrescentadas ao seu referencial novas formas de comunicação, as chamadas tecnologias da informação e comunicação (TICs), ele assiste também o aumento crescente dessas tecnologias.

As tecnologias da informação e comunicação apresentam muitas oportunidades e espera-se num futuro não muito distante que todos tenham acesso por meio da Internet a materiais pedagógicos virtuais, cursos não presenciais, acesso a bibliotecas na nuvem, banco de dados compartilhados, blogs, grupos de discussão, etc. todos estes fatores favorecem a universalização da aprendizagem em qualquer nível, estas ferramentas bem utilizadas na área pedagógica possibilitam o desenvolvimento de qualquer nação.

Há muitos debates sobre educação, mas a literatura sobre o assunto mostra que o mestre que aprende bem e está sempre buscando conhecimento, pode contribuir efetivamente com a aprendizagem do aluno. Atualmente a educação requer habilidades cognitivas mais complexas do que as exploradas tradicionalmente.

O educador deve selecionar as melhores estratégias e recursos de aprendizagem, pois nesta nova fase ele irá criar novos modelos de aprendizagem para auxiliar seus alunos, por outro lado ele irá avaliar suas novas funções e irá atuar como mediador, ativador, articulador e orientador da aprendizagem. Na verdade ele será também um facilitador do processo de aprendizagem, podendo também sugerir os conteúdos, vivências na sala de aula, busca de informações, enfim proporcionar situações que ofereçam novos problemas e soluções.

Articular a gestão do ambiente na sala de aula e utilizar os recursos da tecnologia exigirá novas habilidades, mas quais são estes recursos? Multimídia (vídeos, áudios, animações, simulações, imagens, outros), interação e comunicação (fóruns, blogs, chat, outros), acesso às informações e conhecimento (cursos, links, materiais de estudo, notícias educacionais e aulas) e outras ferramentas colaborativas para criação de sugestões de aulas para enriquecer a atuação do educador e contribuir para a aprendizagem. As redes sociais também foram e são usadas, mas devem ser cuidadosamente pensadas, temos uma situação em que o professor de matemática (9º. ano) colocava alguns exercícios extras de matemática para sua turma estudar em casa em sua rede social, mas as crianças ficavam até altas horas da noite tentando resolver as questões e não conseguiam acordar pela manhã e ir para escola.

A gestão escolar também deve favorecer o papel do professor quanto a sua missão no processo de aprendizagem de seus alunos. A gestão é fundamental e deve fornecer ferramentas que possibilitem ao mestre ficar focado na sua principal função, dessa forma, o Diário do Professor deve ser on line, permitindo que ele acesse do smartphone, tablet ou computador local.

A tecnologia é muito importante para melhorar os processos de gestão da escola, ela possibilita a troca de informações completas e precisas entre os setores e colaboradores, aumenta a confiabilidade dos dados gerados e permite integrar e agilizar os processos.

Os desafios são muitos e a busca por melhorias em todas as áreas da educação só irá trazer benefícios para o estudante, nosso foco deve ser este uma educação de qualidade para todos.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
Fale conosco!