fbpx
Guia para Gestores de Escolas

Os desafios da coordenação – Parte 2

Existe uma ideia comum sobre o papel da coordenação que sempre é comparada com a figura do bombeiro que vive “apagando incêndios”. O trabalho dentro de qualquer instituição é pautado por processos e construções de rotinas, e também de urgências, porém, quando o foco incide somente nas ações emergenciais, todo o planejamento e os compromissos de longo prazo ficam comprometidos; por isso, este profissional tem que procurar agir de forma preventiva e não reativa, para buscar uma boa qualidade no desenvolvimento do cotidiano escolar.

O trabalho com a formação das equipes é primordial para que todos se comprometam na solução de questões emergenciais. Membros comprometidos podem gerenciar pequenos problemas sem ter que envolver a coordenação em todos os momentos. É necessário também ficar atento às famílias e outros profissionais com os quais interage dentro e fora da instituição. Por isso, construir um canal aberto com todos os públicos que atende é primordial – tomando sempre o cuidado de agir em conformidade com os princípios que regem a identidade da escola.

Outro aspecto importante é o fortalecimento da relação entre coordenação e direção. É preciso desenvolver um clima de confiança, respeito e parceria. Esses profissionais têm a responsabilidade de cuidar da implantação e do desenvolvimento do projeto pedagógico da escola e, para isso acontecer, a coordenação tem que transitar com autonomia entre direção e professores para garantir agilidade e clareza nas comunicações, a fim de que a aprendizagem e o ensino ocorram de forma funcional e com qualidade.

Três dicas importantes

Use tecnologia: o ano de 2020 foi desafiador em muitos sentidos, mas também proporcionou uma série de aprendizagens. Uma delas foi a aproximação maior com a tecnologia. Os professores e a coordenação puderam testar e atuar de forma menos preconceituosa com as diferentes ferramentas tecnológicas para facilitar o contato e a aprendizagem dos alunos. As reuniões com os professores e as sugestões de atividades digitais devem ter continuidade neste ano. Para sua organização, existem alguns aplicativos que podem auxiliar no processo de administração do seu tempo, melhorando sua rotina de trabalho.

Agenda prática: é imprescindível criar o hábito de fazer uma agenda, para contemplar o desenvolvimento de planejamentos específicos e otimizar as demandas do cotidiano. É preciso listar as atribuições e distribuí-las dentro de uma carga semanal ou mensal para garantir o melhor desenvolvimento dos trabalhos, mas lembre-se de montar esta agenda com os horários e compromissos dentro de possibilidades reais, para não gerar frustrações para você e nem para as pessoas que estarão envolvidas. Não se esqueça de compartilhar esta agenda com outros departamentos para que todos ajudem na execução dos horários e compromissos.

Compartilhe a execução de suas tarefas: as pessoas gostam de participar das ações desenvolvidas dentro da instituição, por isso delegar atividades e dividir responsabilidades é uma boa alternativa para atenuar a sobrecarga do trabalho.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados