Guia para Gestores de Escolas

Uma criança pode suportar todas as verdades

Muitas vezes, os pais se recusam a revelar aos filhos algo a respeito da história deles. Acreditam que isso prejudicará os filhos. É importante salientar aqui, que os nossos filhos têm muita força para encarar qualquer verdade. Precisarão dessa verdade para enfrentar o mundo com capacidade de superarem tudo. Não pode haver dificuldade em contar aos filhos a sua história ou mesmo a história dos pais e familiares.

Recentemente participei de um seminário online (ah… esse mundo digital, está tudo assim…) denominado de “Seminário de Psicanálise Infantil”, patrocinado pela minha associação. Um tema discutido que muito me chamou a atenção, foi: “Pais mentem por amor”. Nesse debate a questão central era: seria saudável mentir aos filhos sobre algo de sua história ou da história da família por amor aos filhos? Essa suposta “proteção” do emocional dos filhos é mesmo o melhor caminho? Na verdade não! As crianças podem sim suportar todas as verdades, desde que haja entre pais e filhos uma relação de respeito e confiança.

O que está sendo vivido no ambiente familiar, ficará registrado no inconsciente da criança, independente da idade. Tentar esconder uma verdade, não significa que teremos sucesso, pois os filhos possuem a capacidade de perceberem tudo. Sabemos que há na história de vida das crianças, muita absorção de tudo o que vivenciam no seu dia-a-dia. Por isso, precisamos dar atenção a dois fatos muito presentes no universo familiar: a separação de casais e a adoção de filhos. Há muitas dúvidas se devemos ou não falar para os filhos sobre a separação. Algumas mães tendem a dizer que o pai está viajando ou “inventar” outra justificativa, acreditando assim evitar fazê-los sofrer. Negar o que se passa e principalmente o que sente naquele momento, pode gerar sequelas enormes. Pior ainda, é dar espaço para que as crianças saibam por outra pessoa. Aí pode-se despertar a sensação de traição por parte dos pais. Portanto, é preciso que as crianças estejam cientes do que está acontecendo. Com certeza, os filhos tem o direito de saber e a verdade é o melhor. Claro que não precisam saber nada além da decisão e os pais tem que ser capazes de não colocarem os filhos no centro do problema.

Quanto a questão da adoção: os filhos adotivos precisam saber da verdade? Sei que o medo de perder a aproximação leva os pais à omissão. O ideal é tratar o assunto com maturidade e de forma afetuosa para evitar frustrações. Adotar uma criança, é um lindo ato de amor e bem sei que o amor transcende a carga genética e a verdade é que todos nós sabemos disso, até mesmo os filhos adotivos! O amor supera tudo! Por isso, o quanto antes contarmos aos filhos sobre a adoção, melhor será a compreensão. Os pais precisam contar que são “pais de coração”. Eles devem ser os primeiros a contar aos filhos essa verdade. A experiência conta que a “verdade” de alguma forma já é percebida pela criança, está no inconsciente. Manter a adoção em segredo por toda vida, é muito difícil e sofrido, especialmente para os pais e, claro, existe a possibilidade da criança, mesmo quando adolescente ou adulto vir a saber através de outra pessoa. Especialistas são unânimes: a criança tem o direito de conhecer a sua história de vida. O ideal é que o assunto seja tratado o mais cedo possível e de forma natural.

joséProf. José Romero Nobre de Carvalho é Diretor Geral do SEB Maceió. Pai de três filhos, é educador com 34 anos de experiência, sendo 15 em gestão educacional. É Especialista em Educação, Pós Graduado em História, MBA em Administração e Marketing. Membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia e da Associação Brasileira de Filosofia e Psicanálise. Psicanalista com curso de extensão em psicologia clínica.  Tem artigos publicados em revistas especializadas em educação (CONECTADA,  DIRECIONAL EDUCADOR, SÍNDROMES). É autor de livros de literatura infanto-juvenil pelas Editoras Franco e Chiado. Atualmente é articulista no site educacional Revista Direcional Escolas.

Receba nossas matérias no seu e-mail


Relacionados
× Fale conosco!